Situação dos times após o Draft – AFC South

A divisão possivelmente mais fraca de 2016 tem talentos escondidos em seus times. Vale a aposta? Confira aqui.

Indianapolis Colts

Embed from Getty Images

Movimentações de destaque na intertemporada

Chegaram
Christine Michael (RB, free agency)
Marlon Mack (RB, draft, 4ª rodada)

Saíram
Dwayne Allen (TE, New England Patriots)

Renovaram
Robert Turbin (RB)
Jack Doyle (TE)

Correndo com a Bola

O 23º ataque terrestre de 2016 fez pouco comparado aos melhores times no quesito. No entanto, a estrela de Frank Gore brilhou, tendo em perspectiva seus 33 anos de idade ano passado. O oitavo maior corredor da história (13065 jardas até o momento) foi responsável por praticamente 63% das jardas terrestres dos Colts na última temporada (1025 em 1068), porém alcançando a endzone apenas quatro vezes. Ainda assim conseguiu produzir 176 pontos totais no fantasy.

Atualização (16/06/2017): Christine Michael se machucou no minicamp e deve passar a primeira metade da temporada na Injured Reserve. Logo em seguida, os Colts assinaram com Troymaine Pope, free agent liberado pelo Seattle Seahawks.

Passando a Bola

Segundo mais sacado na temporada 2016 (empatado com Andy Dalton e Russell Wilson), Andrew Luck não teve vida fácil para fazer seu jogo. Ainda assim, foi o quarto melhor QB em pontos totais no fantasy (307,7), passando das quatro mil jardas aéreas e lançando 37 TDs. A linha ofensiva precisará impor sua força em 2017 se quiser ver seu passador manter ou melhorar o desempenho conseguido em 2016. Apesar dos pesares, ele (assim como Drew Brees dos Saints) é um titular indubitável no fantasy.

Recebendo Passes

Liderados pelo campeão de jardas recebidas de 2016, T.Y. Hilton (1448 das 4202 jardas aéreas, 34%), os Colts foram o 5º melhor ataque neste quesito. No entanto, os demais participantes do conjunto não chegaram sequer perto de seu líder (que teve 91 das 370 recepções, 24%).  Destaque positivo para Jack Doyle, tight end, que pegou 78% dos passes que recebeu (59/75).

Apesar da produção em jardas, os TDs foram distribuídos entre oito jogadores, sendo Donte Moncrief o que liderou o time, com sete recepções na endzone, metade do que conseguiu Jordy Nelson dos Packers (14, líder da liga).

Assim, Andrew Luck e T.Y. Hilton têm tudo para repetir o sucesso individual que conquistaram em 2016 no fantasy, e os demais jogadores devem fazer aparições pontuais e, portanto, compor elenco ou representar oportunidades na waiver wire.

Valor de Fantasy

Andrew Luck: QB1 (round 3)
T.Y. Hilton: WR1 (round 2)
Frank Gore: Flex (round 5)
Jack Doyle: TE2 (round 10)
Philip Dorsett: waiver
Donte Moncrieff: waiver

Jacksonville Jaguars

Embed from Getty Images

Movimentações de destaque na intertemporada

Chegaram
Leonard Fournette (RB, draft, 1ª rodada – 4ª escolha geral)
Dede Westbrook (WR, draft, 4ª rodada)

Saíram
Julius Thomas (TE, Miami Dolphins)

Renovaram
N/A

Correndo com a Bola

Os Jaguars foram o 22º colocados no jogo terrestre por 3 jardas além dos Colts. Mas o time não teve um notório corredor nº 1, visto que T.J. Yeldon e Chris Ivory estiveram apenas 26 jardas separados, e nenhum deles passou das 500, algo decepcionante para quem utilizou qualquer um deles no fantasy. Fora que o time alcançou apenas 8 TDs terrestres totais. Uma lástima.

2017 promete novos ares com a chegada de Leonard Fournette, RB calouro de LSU, muito antecipado como o melhor de sua classe. Os Jaguars não perderam tempo e gastaram sua 4ª escolha geral nele. Sua juventude e força devem ser aproveitadas desde o primeiro drive ofensivo da temporada regular, a exemplo do que aconteceu em Dallas com Ezekiel Elliott (4ª escolha geral de 2016).

Passando a Bola

Blake Bortles caiu de produção. Se manteve a porcentagem de acertos no mesmo patamar, alcançou menos jardas por tentativa, e muito menos TDs (23 contra 35). O time exerceu a opção do seu quinto ano de contrato, mas não se deve esperar muito do QB que estará atrás da 22ª melhor linha ofensiva da temporada 2016.

Recebendo Passes

Tal qual o backfield, o corpo de recebedores não teve um alvo claro em 2016, já que Allen Robinson e Marqise Lee (883 e 851 jardas aéreas respectivamente) tiveram produção semelhante, embora Lee (calouro e boa surpresa) foi mais eficiente por recepção. Os Allen brothers tiveram um ano fraco em comparação a 2015 (em que passaram das 1000 jardas aéreas e dos 10 TDs cada). A esperança da torcida reside no retorno da boa fase de seus WRs e na crescente de Marqise Lee.

Julius Thomas, TE, teve mais um ano discreto em Jacksonville e não teve seu contrato renovado, indo assim para Miami reencontrar Adam Gase, técnico com o qual viveu sua melhor fase em Denver. Com isso, Marcedes Lewis deve liderar na posição.

Valor de Fantasy

Leonard Fournette – RB1 (round 2)
Blake Bortles – waiver
Allen Robinson – WR2 (round 3)
Marqise Lee – waiver
Allen Hurns – waiver

Tennessee Titans

Embed from Getty Images

Movimentações de destaque na intertemporada

Chegaram
Corey Davis (WR, draft, 1ª rodada – 5ª escolha geral)
Eric Decker (WR, free agency) [Atualizado em 22/07/2017]

Saíram
Kendall Wright (WR, Chicago Bears)

Renovaram
N/A

Correndo com a Bola

Demarco Murray voltou! Após um ano triste com os Eagles, o líder de jardas dos Titans foi o 5º maior pontuador do fantasy, atuando em várias situações (correndo, passando ou recebendo a bola). No assunto principal, foram 1287 jardas corridas e 9 TDs. Um desempenho pra ninguém botar defeito, e que deve se repetir com a manutenção da melhor linha ofensiva de 2016, segundo o Pro Football Focus.

Passando a Bola

Marcus Mariota teve um ano discreto, com 3426 jardas aéreas e 26 TDs, que o colocou em 12º lugar entre os QBs de 2016 com 268 pontos. A chegada de Corey Davis e a evolução de Rishard Matthews devem lhe dar boas opções para melhorar seu jogo.

Recebendo Passes

Por falar em Rishard Matthews, ele foi uma das revelações da waiver wire. O WR calouro em 2016 foi o líder do corpo de recebedores dos Titans com 945 jardas, sendo titular em 10 dos 16 jogos do time, e finalizando a temporada como o 13º melhor WR no fantasy (149 pontos totais). É uma boa opção para 2017.

O segundo maior pegador de passes foi um tight end. O experiente Delanie Walker foi o 5º melhor de sua posição em pontos no fantasy com 123, fruto de 800 jardas aéreas e 7 TDs. A chegada de Corey Davis pode reduzir sua produtividade, visto que o calouro é uma aposta de 1ª rodada e tem tudo para ser muito acionado por Mariota, ainda mais com a saída de Kendall Wright para os Bears.

[22/07/2017] A chegada de Eric Decker altera o rumo das coisas em Nashville. O talentoso WR de 30 anos chega para ser titular se estiver saudável após suas recentes lesões. Além disso, o panorama de drafts já realizados mostra o wideout à frente de Rishard Matthews e Corey Davis.

Valor de Fantasy

Demarco Murray – RB1 (round 2)
Marcus Mariota – QB1 (round 4)
Eric Decker – WR2 (round 8)
Rishard Matthews – Flex (round 8)
Corey Davis – Flex (round 8)

Houston Texans

Embed from Getty Images

Movimentações de destaque na intertemporada

Chegaram
Deshaun Watson (QB, draft, 1ª rodada, 12ª escolha geral)

Saíram
Brock Osweiler (QB, Cleveland Browns)

Renovaram
N/A

Correndo com a Bola

Lamar Miller veio de Miami com a missão de liderar a ofensiva terrestre, e ele correspondeu: 1073 jardas, porém apenas 5 TDs, o que lhe rendeu o posto de 18º melhor running back no fantasy em 2016 (160 pontos totais). Miller deve manter ou superar estes números, pois ainda é jovem para a posição.

Passando a Bola

Houston conseguiu vencer sua divisão mesmo num ano terrível de Brock Osweiler, que foi mandado para os Browns por escolhas do draft após a temporada. Restam Tom Savage, provável titular em 2017, e Deshaun Watson, calouro que saiu do college como campeão nacional em 2016 pelo Clemson Tigers. Porém nenhum deles deve produzir o suficiente para merecer escolhas altas no fantasy.

Recebendo Passes

Num ano ruim do passador principal, DeAndre Hopkins “tirou leite de pedra” com 954 jardas aéreas e 4 TDs. Foi o sétimo recebedor mais acionado da liga em 2016 e deve continuar figurando neste quesito considerando seus talentos em potencial. No entanto, não deve figurar entre os principais de sua posição no fantasy em 2017.

Valor de Fantasy

Lamar Miller – RB2 (round 2)
Tom Savage – waivers
DeAndre Hopkins – WR2 (round 4)

Referências:
Pro Football Reference 
Pro Football Focus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.