Retrospectiva 2017: Desempenho Mensal – AFC West

Fala pessoal! Esta é uma série de recortes mensais (Setembro-Dezembro) do desempenho dos jogadores dos times da NFL. Cada post trará uma divisão, começando por a que menos venceu jogos (AFC  South) até chegar a que mais venceu (NFC South). Vem com a gente e boa leitura!

Observações: estabelecemos um ponto de corte para os jogadores que marcaram, ao menos, 30 pontos totais (ligas padrão). Além disso, nossa análise vai até a Semana 16 da temporada regular!

Kansas City Chiefs

KAN

Os Chiefs foram visivelmente um bom time para começar e terminar o campeonato de fantasy na frente, mas péssimo para alcançar os playoffs (consistência zero!). Ninguém deu show de crescimento nem foi um péssimo investimento ladeira abaixo.

Los Angeles Chargers

LAC

Os Chargers também não foram exemplo de evolução constante, com exceção de Philip Rivers que, apesar de não mostrar uma ascendente perfeita, foi uma boa escolha para alguns momentos críticos (construir momentum para alcançar a zona de classificação de playoffs). Melvin Gordon foi um problema para a turma que estava na luta em Novembro, com uma queda bruta (porém com retomada em Dezembro). Por fim, Keenan Allen foi uma escolha razoável em boa parte da temporada para quem confiou em sua saúde. Antonio Gates aproveitou a ausência de Hunter Henry (seu sucessor) em Dezembro com um mês forte e destoante dos demais.

Oakland Raiders

OAK

O time dos Raiders foi irreconhecível em 2017 para quem o viu em 2016 (playoffs, ameaçando o reinado de New England etc.). Derek Carr assinou contrato e foi pensar no que fazer com os muitos milhões; esqueceu de jogar bola. Amari Cooper foi quem sofreu com isso. Marshawn Lynch não se abalou com isso (nem sua idade) e evoluiu aos poucos no ano. O resto do time representou a campanha ruim.

Denver Broncos

DEN

Uma defesa não faz verão sem seu ataque. E coitados de Demaryius Thomas e Emmanuel Sanders, não? É impossível mostrar eficácia sem um QB fixo e competente (vide a evolução de Siemian e Osweiler). C.J. Anderson se comportou como os Chiefs e serviu essencialmente para começar e terminar bem a temporada de fantasy. O projeto “Jamaal Charles” foi um cometa.

Dúvidas? Sugestões? Chama o BrFFootball no Twitter!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.