Estratégias e Dicas para o Draft 2018 – Quando Selecionar um Quarterback?

Esta é a revisão atualizada do artigo Estratégias e Dicas Para O Draft.

Quase todos os fãs da NFL possuem como ídolo-mor um grande Quarterback. É a posição mais importante do jogo, ocupada geralmente pelos jogadores mais talentosos, famosos e produtivos do futebol americano. Então, nada mais natural que selecionar na sua primeira rodada um excelente QB, certo? ERRADO!

É isto mesmo que você está ouvindo (ou melhor, lendo). Nada de Aarão da Massa, Marido da Gisele, Drew Brees ou outros medalhões da posição. A explicação para esta medida é muito simples: o sistema de pontuação do fantasy faz com que o melhor QB da liga não seja muito superior ao 10º melhor, ou ao 12º melhor. Então por que diabos você vai “gastar” uma valiosa escolha (primeiras rodadas) com um QB se você pode encontrar um jogador com valor bem semelhante em rodadas posteriores? Seria como gastar 1 milhão de reais numa Ferrari, sendo que você poderia comprar uma Lamborghini com “apenas” 100 mil.

Existem 32 QBs titulares na NFL e, nas configurações “standard” de uma liga de fantasy, você só precisa de um “signal caller” (como o QB também é chamado) titular, fazendo com que a oferta na posição seja razoavelmente tranquila de se preencher em uma liga com 12 times.

Por outro lado, cada time de fantasy convencional precisa de, ao menos, 2 Running Backs e 2 Wide Receivers titulares, sendo ainda possível você escalar 3 RBs ou 3 WRs, a depender do seu jogador “Flex”. Mesmo quem não é bom em matemática vai perceber facilmente que encontrar bons talentos nas posições de RB e WR se tornará bem difícil do meio para o fim do draft.

Em suma, a chance de você encontrar um Quarterback produtivo em uma rodada mediana (ou até mesmo nas últimas rodadas do draft) é muito maior do que a de você encontrar WRs e RBs produtivos do meio para o fim das suas escolhas.

Neste ano de 2018, o consenso é que há muitos motivos para você levar a sério a estratégia de esperar para selecionar QBs. Discutivelmente, existem cerca de 18 jogadores nesta posição que possuem potencial para ser o titular do seu time sem que você tenha grandes preocupações.

Lembre-se que no ano passado, jogadores como Deshaun Watson, Carson Wentz e Alex Smith jogaram muito bem (embora os dois primeiros tenham se lesionado) e neste ano possuirão potencial de QBs de alto nível, somando-se aos nomes mais badalados como Tom Brady, Aaron Rodgers, Drew Brees, Russell Wilson e Andrew Luck.

Não se esqueça que existem uns “carinhas” como Cam Newton, Matthew Stafford, Philip Rivers, Ben Roethlisberger e Kirk Cousins, que também têm uma grande chance de apresentar excelente produtividade. Resumindo, em especial neste ano de 2018, a oferta de Quarterbacks está “ridiculamente” farta.

Há quem entenda que valeria a pena selecionar um QB antes da hora mais adequada (o famoso “reach” em um draft), porque é a posição que mais pontua no fantasy e um jogador de “elite” poderia fazer a diferença, pois ele poderia marcar, em média, 05 pontos a mais que outros meros mortais. Porém, lembre-se que até os “Deuses” como Aaron Rodgers estão sujeitos a lesões, como aconteceu com o próprio Rodgers no ano passado.

Andrew Luck foi draftado por muita gente e terminou nem jogando a temporada. Além das lesões, considere o fato que Drew Brees terminou a temporada com uma média de 16,4 pontos por jogo (uma pontuação considerada medíocre).

Então, quando devo draftar um QB? Não existe uma receita de bolo para dizermos em que rodada você deve fazer isso. Normalmente, eu não recomendaria que você selecionasse seu “lançador” antes da 6ª Rodada (a esta altura você já preencheu as principais posições de seus jogadores titulares: 02 RBs, 02 WRs e 01 Flex).

Porém, é possível que um QB que você goste muito e que você acredita que terá uma produção consideravelmente acima da média dos outros (como por exemplo Aaron Rodgers ou Russell Wilson) esteja de “de bobeira” no board em uma 4ª ou 5ª rodada. Neste caso, é “aceitável” a escolha “prematura” de um Quarterback.

Resumindo, se você vai escolher um QB em rodadas que não sejam do meio para o fim do draft, você tem que ter a sensação que está roubando o Banco Central, ou achando uma daquelas malas cheias de dinheiro que você viu na TV na operação lava-jato. Se não tiver esta sensação, recomendamos que tenha um pouco mais de calma e espere para as próximas rodadas.

Lembre-se que o Fantasy Football é uma grande diversão, então se você gosta muito de um jogador e quer muito tê-lo em seu time, não fique constrangido de selecioná-lo em um momento que talvez não fosse o adequado (apenas não faça isso MUITO antes da hora, porque tal fato certamente prejudicará SENSIVELMENTE o equilíbrio de seu time).

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.