Opções para reforçar seu time na waiver wire para a semana 4

Que semana, caros amigos! Várias surpresas.

Ou talvez não. O equilíbrio da NFL permite que a única certeza seja a de que surpresas são absolutamente normais. Assim, apenas mais um domingo qualquer no escritório.

Por falar em escritório, vou contar uma história dos bastidores aqui do Brasil Fantasy Football. Temos uma equipe pequena, mas dedicada e principalmente apaixonada pelo fantasy, esporte número um do mundo. Nos conhecemos há alguns anos, jogamos e sofremos juntos. Todos fanáticos, mas tem um que é mais: nosso querido presidente, Caio Ribeiro, o líder do time.

Pois bem, mal terminam os jogos, o presidente me envia uma lista com sugestões de jogadores que se destacaram na rodada para inclusão nesta coluna. Os nomes principais são óbvios. Mas ele tem um dom raro: sempre aponta algumas carniças que só ele acha que prestam. Não falha. Cada semana, tem um ou dois assim.

Homem sensato que sou (dentro do possível, já que não jogaria fantasy se fosse), dou uma filtrada e deixo só o creme do creme para o querido leitor. Mas um talento como o do nosso presidente não pode ser desperdiçado. O mundo merece saber as dicas desse visionário.

E é por isso que, a partir desta semana, estreamos uma nova seção nessa coluna: As Indicações do Presidente. Assim mesmo, com maiúsculas. Para começar, compartilho as duas primeiras:

Tavon Austin, WR, Dallas Cowboys

Jaron Brown, WR, Seattle Seahawks

Pois é, juro que é verdade. Não me perguntem a lógica. Perguntem ao presidente, aqui nos comentários ou no nosso twitter.

E agora, sem mais delongas, vamos a nossas indicações da semana:


Calvin Ridley, WR, Atlanta Falcons

O QB Matt Ryan parece ter voltado à forma de 2016, ano em que foi um bicho-papão do fantasy. Com isso, surgiu um grande espaço para outros recebedores além de Julio Jones. E quem está aproveitando a chance é o calouro Ridley, que, como o amigo já sabe, marcou apenas três TDs no tiroteio contra New Orleans. É o segundo jogo seguido em que sai com TD marcado, e aumentou seus acionamentos de 2 para 5 e, finalmente, para 8 – 7 dos quais recebidos para incríveis 146 jardas.

A seca de TDs de Julio continua, mas com a atenção que atrai, Ridley tem um enorme espaço para mostrar sua incrível velocidade. Atlanta joga três das próximas quatro partidas em casa, e os confrontos são muito favoráveis.

John Brown, WR, Baltimore Ravens

Brown já vem sendo recomendado toda semana neste espaço, mas acho que esta é a última vez que vai aparecer aqui. Só faz solidificar sua importância para os Ravens, saindo da condição de um recebedor com potencial para big plays para a de jogador com volume confiável. Em outras palavras, aumentou o piso de sua pontuação, permanecendo com um teto alto. A não ser em um confronto muito desfavorável, pode ser tranquilamente escalado como WR2 em seu time. Foi acionado 10 e 9 vezes nos últimos dois jogos, e falhou pela primeira vez em marcar um TD, o que não é problema considerando que o adversário foi Denver. Escale com confiança.

Mike Williams, WR, Los Angeles Chargers

Além de ter um dos melhores apelidos da NFL (BMW, de Big Mike Williams), não cansa de marcar TDs. Foram dois contra a ótima defesa dos Rams. Um gigante na endzone, e não solta a bola. O volume ainda é um pouco preocupante, mas já aumentou sua participação, com 7 acionamentos na semana 3, o que indica que já é o segundo WR do time. Os Chargers têm dois confrontos favoráveis em casa, contra San Francisco e Oakland.

Baker Mayfield, QB, Cleveland Browns

Que diferença uma semana faz. Promovido a titular com a contusão de Tyrod Taylor, levou os Browns à primeira vitória em não sei quantos anos, e não falta quem observe que está com um cartel melhor que Tom Brady este ano… Menos, galera! Entretanto, é uma boa opção para ligas com 2 QBs, ou para tapar o buraco com o começo das bye weeks. Com os bons recebedores de que dispõe, e capacidade de corrida, vale a pena pelo menos integrá-lo a seu elenco. Quem sabe?

Tyler Boyd, WR, Cincinatti Bengals

Muita gente – inclusive eu – apostou em John Ross como o WR dos Bengals com mais potencial para estourar este ano. Ledo engano. Boyd se estabeleceu como o homem de confiança de Andy Dalton, que por sua vez tem estado mais solto no jogo aéreo. Boyd teve dois jogos seguidos com 6 recepções e 1 TD, e não teve menos de 5 acionamentos este ano. É uma ótima aposta contra a secundária desfalcada de Atlanta esta semana.

Javorius “Buck” Allen, RB, Baltimore Ravens

Jogador mais odiado entre os colegas que tem Alex Collins no time, Allen não se cansa de marcar TDs, tanto correndo na goal line quanto recebendo passes. Já são 4 TDs na temporada. Dá pra escalar tranquilamente como flex.

urubu
Neste espaço, listamos alguns jogadores que têm valor pelas contusões ou baixo desempenho dos titulares. São os beneficiários da carniça:

Josh Allen, QB, Buffalo Bills – Não lançou interceptações contra a dura defesa dos Vikings, lançou para TD pelo segundo jogo seguido e correu para dois outros TDs. Por que não?

Dede Westbrook e Keelan Cole, WR, Jacksonville Jaguars – O ataque aéreo dos Jaguars foi anêmico ontem. Assim, é possível que o amigo leitor ainda encontre Westbrook e Cole na waiver wire. Vale a pena investir antes que inevitavelmente fiquem valorizados demais.

Geronimo Allison, WR, Green Bay Packers – Enquanto Aaron Rodgers estiver jogando, tem valor para o fantasy. Marcou outro TD no último jogo.

Jakeem Grant, WR, Miami Dolphins – É só uma questão de tempo até os Dolphins se convencerem de que tem no time o mais explosivo WR da NFL! O jogo de ontem não é parâmetro (2 recepções para 70 jardas e 2 TDs é uma bela linha, mas o volume foi baixo), mas fique de olho.

Boas compras e boa sorte na semana 4!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.