Crônicas dos Confrontos – Semana 5 – Jogo aéreo

Como de costume, o último ato das crônicas traz para vocês uma análise do jogo aéreo (Wide Receivers e Tight Ends) para a rodada. Simbora?

TITANS X BILLS 

Embed from Getty Images

Quem confiou no Corey Davis, finalmente pegou a sua recompensa! 161 jardas e o TD da vitória contra os Eagles era tudo que o talentoso receiver precisava para se tornar um WR confiável no fantasy. Junto com ele, Taywan Taylor também fez uma boa semana e pode ser um fator em ligas bem grandes (principalmente em PPR), sabe o motivo? Eles são, de longe, as melhores opções para Mariota no confronto contra os Bills e o mandamento crucial do fantasy diz o que? Volume, volume, volume.

Além do Josh Rosen ainda não ser um jogador confiável, as suas armas continuam sem ajudar o volume aéreo dos Bills. Se Kelvin Benjamin, Zay Jones e Andre Holmes não formam o pior grupo de receivers de toda a NFL, quem forma? O único suspiro de escalação por aqui é Charles Clay, exclusivamente pela dificuldade absurda com os TE’s nessa temporada.

FALCONS X STEELERS

Embed from Getty Images

Devo admitir que meus olhos brilharam ao iniciar a análise desse confronto para o jogo aéreo! As expectativas altas para as partidas de Big Ben e Matt Ryan colocam seus recebedores lá em cima entre as escolhas para a semana 5.

Antonio Brown e Juju Smith-Schuster são opções top 10 entre os WR’s da semana nesse confronto contra uma defesa repleta de desfalques por lesões e que vem cedendo 28.9 pontos por jogo em ligas no formato tradicional (Standard). Nos TE’s, Vance Mcdonald continua demonstrando ser um alvo mais seguro do que o Jesse James e deve ser escalado.

No jogo aéreo, os Falcons não deixam a desejar: Julio Jones pega pódio entre as opções de WR’s para essa semana (será que vem o TD do homem?) e o Calvin Ridley é, nesse momento, o melhor WR do fantasy em pontos e isso não pode ser ignorado. Além deles, a tendência é que até o Mohamed Sanu seja uma boa opção em ligas maiores e o TE Austin Hooper é uma aposta que eu faria.

BRONCOS X JETS

Embed from Getty Images

Nesse jogo, podemos trazer um paralelo interessante entre os receivers: Emmanuel Sanders em Denver e Quincy Enunwa em NY têm suas produções garantidas pelo volume e pelo bom ano que vem fazendo (sendo Sanders a melhor opção aérea do confronto) e Demaryius Thomas, assim como Robby Anderson tem seus pisos de pontuação reduzidos pelos poucos targets e conexão ainda não muito clara com seus novos QB’s.

JAGUARS X CHIEFS

Embed from Getty Images

Bortles, que tal aproveitar essa oportunidade para alimentar seus meninos? A essa altura do campeonato, Keelan Cole e Dede Westbrook são duas opções intermediárias e equivalentes no fantasy (apesar de eu, particularmente, confiar mais em Cole) e podem ser escalados por aqui, assim como o TE Austin Seferians-Jenkins, já que em terra de cego, quem tem um olho é rei (aplique a metáfora aos TE’s em 2018 e escale-o se tiver perdido nessa posição).

Nos Chiefs, a confiança é que Tyreek Hill e Travis Kelce podem ter uma boa semana mesmo contra a defesa dos Jags. Por outro lado, Sammy Watkins não está 100% e deveria ser evitado nesse domingo.

PACKERS X LIONS

Embed from Getty Images

O primeiro ponto de atenção aqui é sobre a saúde dos recebedores de Rodgers: Randall Cobb está fora do jogo, Davante Adams e Geronimo Allison estão listados como questionáveis e Jimmy Graham está saudável. Diante desse cenário, deposito a minha confiança em Graham e Adams (avaliar a situação dele horas antes do início do jogo).

Nos Lions, vale acreditar na tríade de receivers formada por Golden Tate, Kenny Golladay e Marvin Jones contra a oscilante secundária dos Packers.

RAVENS X BROWNS

Embed from Getty Images

Pelo lado dos Ravens, John Brown vem se solidificando como um verdadeiro WR2 para o seu time de fantasy, enquanto Michael Crabtree ainda não demonstrou muita coisa para que possamos confiar nele contra a talentosa defesa de Cleveland. Nos Browns, após dois jogos de Baker Mayfield, podemos dizer que Jarvis Landry segue confiável e é meu alvo preferido do time, Antonio Callaway tem o seu espaço em ligas maiores (principalmente em momentos de bye) e o TE David Njoku tende a melhorar e pode ter um bom jogo entre as opções da posição.

GIANTS X PANTHERS

Embed from Getty Images

O jogo aéreo dos Giants não é aquela maravilha e Odell Beckham ainda não explodiu na temporada, mesmo assim, ele é seu titular no fantasy indiscutivelmente e a ausência do Evan Engram torna o Sterling Shepard um flex nessa semana. Sobre os Panthers, o único recebedor realmente relevante é o Devin Funchess, além, claro, da participação de Mccaffrey no jogo aéreo.

DOLPHINS X BENGALS

Embed from Getty Images

Kenny Stills é boa opção, principalmente em PPR, enquanto que Albert Wilson, Danny Amendola e Devante Parker estão em uma situação nebulosa e evitável. Em relação aos comandados de Andy Dalton, os Bengals estão tendo um ataque bem fluido esse ano, A J Green e Tyler Boyd vêm entregando solidez e a lesão do TE Tyler Eifert dificultou ainda mais nossas opções na posição… o conselho é aguardar a definição do novo TE 1.

RAIDERS X CHARGERS

Embed from Getty Images

Os recebedores de Derek Carr, com exceção de Jared Cook que é uma escolha absoluta, vivem uma situação semanal de “boom or bust”, ou seja, jogadores que podem te entregar 2 ou 20 pontos a cada jogo. Particularmente, estou falando de Amari Cooper (WR 2 em ligas maiores, Flex em ligas menores) e Jordy Nelson (Flex em ligas maiores).

Nos Chargers, Keenan Allen tem uma oportunidade de finalmente explodir, já que enfrenta a defesa dos Raiders, que cede em média 30 pontos para WRs por jogo, Mike Williams decepcionou semana passada e pode conseguir uma reviravolta chegando na redzone nesse domingo e Antonio Gates é uma aposta que eu faria se estivesse com problemas de TE.

CARDINALS X 49ERS

Embed from Getty Images

Difícil confiar em muita gente nesse encontro quando pensamos em jogo aéreo, concorda? Larry Fitzgerald não está bem fisicamente e só deve ser escalado em ligas maiores (dói dizer isso) e Christian Kirk ainda não é uma opção segura, já o TE Ricky Seals-Jones é uma aposta coerente pela sinergia que mostrou com Josh Rosen.

A lesão de Jimmy G diminuiu o valor dos recebedores dos 49ers, mas George Kittle não quis nem saber! Ele continua sendo uma das melhores escolhas para TE nessa temporada e deve ter mais um bom jogo contra os Cardinals. Complementando os recebedores, os WR’s dos 49ers passarão por problemas na temporada, apesar disso, Pierre Garçon terá volume hoje por causa das ausências de Marquise Goodwin e Dante Pettis.

VIKINGS X EAGLES

Embed from Getty Images

Apesar de ter uma boa defesa, provavelmente, a secundária dos Eagles é o ponto mais fraco desse setor e isso favorece tanto Stefon Diggs quanto Adam Thielen nesse jogo. Além deles, Kyle Rudolph é um jogador importante na redzone e é um bom TE dentre as nossas opções.

Alshon Jeffery voltou! O ótimo recebedor dos Eagles deve ter uma bela semana contra uma defesa que vem nos decepcionando nesse início de ano. Vale dizer que o retorno de Alshon não impacta na produção de Zach Ertz, que é excelente para esse domingo (e para a temporada).

RAMS X SEAHAWKS

Embed from Getty Images

Se eu te dissesse isso alguns anos atrás, você me chamaria de louco: pode escalar qualquer um dos 3 WR’s dos Rams, fora de casa, contra os Seahawks. É por isso que nós amamos a NFL, meus amigos. Cooper Kupp, Brandin Cooks Robert Woods (nessa ordem de preferência) podem fazer grandes exibições nesse domingo.

Em Seattle, Doug Baldwin estreia em casa na temporada e é uma opção arriscada, porém válida se você não tem tanta confiança em seu corpo de WR’s e seu parceiro Tyler Lockett segue a mesma linha, ainda com um pouco mais de risco. Finalizando, a lesão do TE Will Dissly pode dar oportunidades ao Nick Vannett.

COWBOYS X TEXANS

Embed from Getty Images

O jogo aéreo dos Cowboys até melhorou na partida passada, porém, isso aconteceu principalmente pela participação de Zeke Elliott (88 jardas recebidas), ou seja, recebedores de Dallas somente em casos de desespero.

Mais uma das unanimidades de sempre é o WR DeAndre Hopkins, um dos melhores recebedores da liga e que conta, ao seu lado, com o ótimo Will Fuller (questionável, acompanhem a evolução do status) que pode ser escalado no seu Flex, e agora com o garoto Keke Coutee, que teve um volume considerável na semana passada e parece que vai entrar na briga por espaço a partir de agora. Olho nele.

REDSKINS X SAINTS

Embed from Getty Images

Difícil confiar em um dos três receivers de Alex Smith Nesse momento… Não dá para garantir o volume deles, mas o confronto contra os Saints (time que mais cedeu pontos à WR’s) te permite arriscar em Jamison Crowder e, claro, no TE Jordan Reed. Esse sim, possui um espaço bem definido e deve ser um dos grandes pontuadores entre os TE’s na rodada.

Nos Saints, Michael Thomas tende a mais uma ótima semana com a expectativa de um grande jogo do Drew Brees, mas Tedd Ginn (out) e Cameron Meredith verão seus targets diminuindo um pouco com o retorno de Ingram ao jogo corrido e, consequentemente, a maior (é possível?) participação de Kamara no jogo aéreo.

E aí, vocês concordam com a nossa visão para essa semana? As crônicas voltam antes do Thursday Night Football com mais conteúdo para vocês. Uma boa rodada para todos nós!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.