Crônicas dos Confrontos – Semana 8 – Texans x Dolphins

Na última rodada, o Houston Texans (4-3) derrotou o Jacksonville Jaguars fora de casa em um confronto direto pela AFC South. Se tornou o líder da divisão e vem para essa partida como favorito diante de um Miami Dolphins (3-4) que, após um bom início de temporada, perdeu 3 dos seus últimos 4 jogos, segue com problemas na posição de quarterback e precisa reagir.

O que será que podemos esperar desse jogo em relação ao fantasy? Em quem podemos confiar? Essas e mais perguntas serão respondidas aqui. Sejam muito bem-vindos à crônica desse confronto!

QUARTERBACKS

Embed from Getty Images

Ao contrário das últimas semanas, essa partida parece uma oportunidade interessante para confiar no Deshaun Watson. Eu sei, ele ainda não está 100% fisicamente e foi (devidamente) indicado por nós que ficasse no seu banco nas duas partidas anteriores. Entretanto, esse cenário se apresenta como uma boa chance para a reação do talentoso QB dos Texans que joga em casa, enfrenta uma defesa com a confiança abalada depois de ceder 32 pontos aos Lions e a tendência é que o nosso querido “Deshow” Watson consiga usar as pernas com eficiência durante a partida, garantindo assim um bom potencial de pontuação para ele.

Em Miami, a lesão de Ryan Tannehill deve permitir outra oportunidade para Brock Osweiler desfilar o seu jogo na NFL. Não me entenda mal, Osweiler está fazendo um trabalho digno em termos de fantasy na ausência de Tannehill, mas a amostragem é pequena demais para inspirar confiança de escalação. Mesmo que você esteja sofrendo com o QB titular na bye, certamente conseguirá alguém mais seguro na Free Agency da sua liga.

JOGO CORRIDO

Embed from Getty Images

Provavelmente, o jogo corrido é o aspecto da partida em que as equipes mais se assemelham nesse Thursday Night Football. Por um lado, Lamar Miller surge como uma boa opção diante da 3a defesa que permite mais pontos aos RBs adversários (Alfred blue é uma opção arriscada pela baixa utilização na presença de Miller), por outro, Kenyan Drake não é o RB dos sonhos, mas tem seu valor nas ligas médias e grandes pelo teto de produção que pode alcançar. Além dele, o veterano Frank Gore viu um bom volume de snaps nas últimas semanas e, se você está desesperado, pode ser uma alternativa válida.

JOGO AÉREO

Embed from Getty Images

A grande opção aqui é o sempre elogiado DeAndre Hopkins. Um dos melhores receivers da liga, Hopkins é sinônimo de segurança semana após semana e nunca deve sair do seu time. Ainda em Houston, o WR Will Fuller aparece como uma boa opção nessa semana, pela expectativa de evolução no desempenho de Watson passando a bola. O calouro Keke Coutee está lidando com uma lesão e não jogará a partida.

Por falar em lesões, o corpo de recebedores dos Dolphins está em colapso nesse momento: Kenny Stills (Out), Albert Wilson (IR), Devante Parker (Q) e Mike Gesicki (Q) são problemas para Brock Osweiler e, obviamente, isso tem como consequência um aumento de volume para quem sobrou: o experiente Danny Amendola, o jovem Jakeem Grant e o TE Nick O’Leary. Além de todo esse contexto, a secundária dos Texans vem fazendo um excelente trabalho na cobertura contra os recebedores e eu, no máximo, arriscaria no Amendola.

Com isso, fechamos mais uma análise de TNF aqui nas crônicas e agora é só esperar por mais uma semana de bola oval em nossas vidas. Ah, se você está mal em suas ligas, lembre-se: enquanto tem bambu tem flecha, acredite na sua reação até quando for possível e segue o jogo. Forte abraço e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.