Crônicas dos Confrontos – Semana 10 – Jogo Corrido

em

Depois dos quarterbacks, vamos conversar sobre os principais jogadores (pelo menos para o fantasy), os running backs. Se você ainda não arrumou seu jogo corrido na sua liga, resolva isso urgentemente! Simbora analisar os confrontos dos nossos RBs?

BUCCANEERS X REDSKINS

Embed from Getty Images

Pelos Buccs, Ronald Jones segue fora e isso deve garantir um volume interessante para Peyton Barber (Flex), que é um jogador que vai sempre oscilar entre semanas boas e ruins, ou seja, arrisque se precisar; nos Redskins, Adrian Peterson (RB2) é boa opção e Kapri Bibbs pode aproveitar a ausência de Chris Thompson para ter oportunidades e ser usado por alguém que está totalmente desesperado na posição.

Nota do editor: a perda de Brandon Scherff e Shawn Lauvao, seus dois guards titulares, agrava muito o jogo ofensivo, especialmente o terrestre, dos Redskins. Esperamos dificuldades para Alex Smith e companhia, mas comprovaremos isso na prática nesta semana 10.

CHIEFS X CARDINALS

Embed from Getty Images

Um dos jogos mais interessantes para os principais RBs das duas equipes: Nos Chiefs, Kareem Hunt segue voando e enfrentar a defesa dos Cardinals é um presente para qualquer RB em 2018, valor de RB1 para ele.

Por outro lado, David Johnson terá outra boa oportunidade para explodir e entregar o que dele se espera (valor de RB1) contra um adversário que costuma ter problemas em parar o jogo corrido. Além deles, Spencer Ware (KC) deu sinal de vida na semana passada e vai que você está sem opções, né?

JETS X BILLS

Embed from Getty Images

Esse é um jogo mais complicado para os recebedores do que para os corredores? Sim, no entanto, isso não é garantia de show dos RBs de Jets e Bills. Os Jets contarão principalmente com Isaiah Crowell (RB2/Flex) e esperamos ver a solidificação do espaço de Elijah McGuire como uma opção de flex em ligas maiores.

Pelos Bills, aquele cuidado de sempre com as esperanças depositadas em LeSean McCoy (Flex), que possui upside, mas viu seu piso diminuir em 2018 e Chris Ivory (para os desesperados).

COLTS X JAGUARS

Embed from Getty Images

Aqui, duas equipes com situações parecidas quando projetamos seus jogos corridos, já que nos Colts temos a dupla Marlon Mack (RB2) / Nyheim Hines (Flex PPR), em que o primeiro é boa opção na maioria das ligas e o segundo se restringe às maiores.

Complementando, temos os Jaguars com o retorno de Leonard Fournette, que nessa volta tem valor de RB2/Flex, a depender do tamanho da liga, mas que deve evoluir de agora em diante e se tornar sólido (caso consiga ficar longe das lesões); além dele, Carlos Hyde e T J Yeldon terão que disputar o espaço recebendo passes e correndo com um volume reduzido em relação ao que tiveram no início do ano e estão no nível de Hines, se limitando às ligas maiores.

BEARS X LIONS

Embed from Getty Images

O dueto Jordan Howard Tarik Cohen tende a ir bem contra os Lions, mantendo seus valores de RB2 com Howard mais interessante em ligas standard e Cohen mais relevante nos formatos que premiam recepções com pontos (PPR).

Pelos Lions, Kerryon Johnson está diante de um confronto muito complicado, o que diminui um pouco seu valor que normalmente é de RB2, para Flex nessa rodada; o mesmo vale, proporcionalmente, para Theo Riddick, que é uma aposta melhor em PPR e LeGarrete Blount, que vai depender de um touchdown para pontuar bem.

BENGALS X SAINTS

Embed from Getty Images

A defesa dos Saints vem fazendo um trabalho excelente, o que não impacta no valor de Joe Mixon, no mínimo, um RB2 de muito luxo para quem conta com ele, mas dificulta demais qualquer confiança em Giovanni Bernard.

Quem também possui valor garantido sempre é o Alvin Kamara (RB1), que simplesmente engoliu os Rams e deve ser um dos melhores RBs da rodada novamente nesse bom confronto contra os Bengals. Além disso, também dá para confiar no Mark Ingram (Flex) para entregar um bom jogo.

TITANS X PATRIOTS

Embed from Getty Images

Lembram quando eu disse que só comentaria sobre o Derrick Henry (Flex em ligas maiores) quando ele mostrasse algum sinal de vida? Mostrou. 2 TDs nos últimos 2 jogos e ele vai ser esse cara que produz bem apenas quando chega na endzone, o que não faz dele a melhor opção dos Titans, já que Dion Lewis (RB2) tem o volume e como eu sempre digo: o volume é a lei.

Pelos Pats, teremos o retorno de Sony Michel, que tem valor de Flex nessa volta após a lesão que o afastou por algumas semanas, enquanto que James White (RB2) deve manter a solidez impressionante de 2018.

BROWNS X FALCONS

Embed from Getty Images

A troca que mandou Carlos hyde para longe de Cleveland, consolidou o calouro Nick Chubb (RB2) como uma aquisição importante para quem escolheu esperar. e o manteve em seu roster. Além dele, Duke Johnson (Flex) segue evoluindo, fez uma partida maravilhosa contra os Chiefs na semana passada (+20 pontos!!!) e pode aproveitar o embalo; seu valor aumenta ainda mais em ligas PPR.

Outro que se aproveitou de ausência de um companheiro para se consolidar foi Tevin Coleman (RB2), que se tornou uma opção ainda melhor do que era quando dividia espaço com o lesionado Devonta Freeman; quem também se deu bem na ausência de Freeman foi o Ito Smith (Flex), um jogador interessante e que gosta de marcar touchdowns.

RAIDERS X CHARGERS

Embed from Getty Images

A divisão entre Doug Martin e Jalen Richard seguiu o que nós prevíamos e deve ser bem parecida com o que acontece entre Jordan Howard e Tarik Cohen em Chicago, tendo Martin mais valor em standard e Richard em PPR; a grande diferença aqui é que a dupla de Oakland têm valor de flex em qualquer um dos cenários.

A defesa dos Raiders está auxiliando RBs a se consagrarem, então vamos refletir um pouco sobre o que Melvin Gordon (RB1) fará aqui? Particularmente, espero um estrago e conto com isso em uma de minhas ligas hahaha. Outro que pode aparecer bem é o Austin Ekeler (Flex), que não foi tão bem nas últimas semanas, mas vê aqui uma chance de voltar aos melhores números da temporada.

RAMS X SEAHAWKS

Embed from Getty Images

Todd Gurley vem da sua pior semana na temporada, onde entregou “apenas” 13.9 pontos contra os Saints e isso é simplesmente absurdo; o homem é o melhor RB da temporada com folga e deve destruir as trincheiras novamente.

Se confirmada a ausência de Chris Carson, o seu companheiro Mike Davis deve ser o jogado que assumirá o volume, se tornando um RB com um bom valor de flex nesse jogo, além da possibilidade de vermos Rashaad Penny sendo mais utilizado. Então, se você não sabe o que fazer, vai que ele te ajuda nas ligas maiores?

PACKERS X DOLPHINS

Embed from Getty Images

O principal jogador da partida na posição de RB atende pelo nome de Aaron jones (RB2), que terá um confronto bem favorável e precisa apagar a imagem deixada no último SNF, onde sofreu um fumble decisivo. Finalizando os Packers, Jamaal Williams (Flex) é aquele cara que garante seus pontinhos e é isso, ou seja, a escalação dele depende muito das suas opções.

Nos Dolphins, a dupla Kenyan Drake (RB2) e Frank Gore (Flex) tem seu valor garantido, apesar de Drake ter menos piso e mais teto, enquanto Gore tem menos teto e mais piso, guardadas as proporções de valor de cada um.

EAGLES X COWBOYS

Embed from Getty Images

Mesmo com a lesão de Ajayi, o backfield dos Eagles segue confuso para fantasy (parece que é de propósito). Wendell Smallwood, Corey Clement e agora Josh Adams estão disputando espaço e isso diminui o valor de todos para flex em ligas maiores, estando consciente do risco em apostar neles.

O confronto é desfavorável, mas o valor de um RB1 como Ezekiel Elliott é inabalável! o running back dos Cowboys deve entregar mais uma pontuação de dois dígitos no Sunday Night Football dessa semana.

49ERS X GIANTS

Embed from Getty Images

Nos 49ers, Matt Breida (RB2) parece estar, de fato, recuperado da lesão que atrapalhou seu volume uns tempos atrás e merece um voto de confiança aqui, sendo complementando pelo Alfred Morris, que estava praticamente sendo esquecido em San Francisco, mas vê na lesão de Raheem Mostert uma chance de voltar a ter algum valor. Arriscar nele? Eu evitaria até entender como está a situação.

Na metade da temporada, a maioria dos analistas dá os seus palpites para os principais prêmios do ano e, Saquon Barkley (RB1), é a grande aposta para calouro ofensivo do ano, não poderia ser diferente. O maior talento do draft (e isso não significa que NY deveria ter escolhido ele, mas essa é outra história) deve entregar mais uma pontuação digna de um RB elite de fantasy.

Restou alguma dúvida entre os RBs? Fale conosco! As crônicas voltam já já com o jogo aéreo!

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.