Crônicas dos Confrontos – Especial de Thanksgiving

em

Olá meu povo! Nesta quinta é feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, o que significa um dia cheio de jogos da NFL pra nós! Então as Crônicas de Quinta ficam mais gordinhas, como os milhões de perus que serão tradicionalmente consumidos nesta data festiva! Então vamos ver aqui quem deve lhe dar uns pontos de presente e quem você deve evitar para não acordar na Black Friday do Fantasy!

Bears x Lions

Duelo na NFC entre times com momentos distintos: enquanto os Lions estão praticamente eliminados de competição nos playoffs, os Bears lideram a divisão e têm a faca e o queijo na mão para vencê-la.

Quarterbacks

Porém temos surpresa já na posição de quarterback: dizem as últimas notícias que é Chase Daniel (QB2), e não Mitchell Trubisky, com lesão no ombro, quem deve comandar o ataque de Chicago, o que gera preocupação geral: do time e daqueles que têm recebedores dos Bears nos seus times.

Tirando Aaron Rodgers, Tom Brady e Brock Osweiler (!!!), os Bears não têm ajudado os QBs adversários em 2018, o que significa problemas para Matthew Stafford (QB2), que deve ser sacado algumas vezes nesta partida, como vem sendo costume para o signal caller dos Lions nesta temporada.

Jogo corrido

Com Chase Daniel como passador, será que Matt Nagy vai acionar mais seu backfield? Sim e não. Ele tem um corredor puro em Jordan Howard (flex) e uma arma versátil em Tarik Cohen (RB2), mas eles terão que fazer mais e melhor que no primeiro encontro entre os times, no qual os Bears venceram pelo ar e não pelo chão. E olhe que Detroit costuma dar pontos aos RBs adversários, principalmente quando eles contribuem recebendo passes, caso de Cohen.

Pelos Lions, Kerryon Johnson não joga! Resultado: é LeGarrette Blount (flex) quem vai comandar as corridas do time. E, tirando o próprio Johnson e James White, é dureza ser um RB contra os Bears, e nenhum terá um teto considerável no confronto.

Jogo aéreo

O que fazer com Allen Robinson (WR2), Taylor Gabriel (flex 14+), Anthony Miller (flex 14+), Trey Burton (TE2)? Escalar sem esperar muito deles com um passador “quebra-galho” contra uma secundária que tem nomes que podem defender bem o passe, caso de Darius Slay.

Se sobrar tempo para Stafford passar a bola, ela irá muitas vezes na direção de Kenny Golladay (WR2). Marvin Jones perderá o jogo desta quinta por lesão no joelho, Bruce Ellington (flex 14+) é questionável, e T.J. Jones (flex 14+) tá aí pra receber alguns alvos. Os Bears cedem bons pontos a WRs principais do time adversário, portanto Golladay, mais que uma válvula de escape, tem um bom teto na partida. Os tight ends dos Lions são descartáveis em termos de fantasy ao longo de toda a temporada desde que os antigos titulares (Ebron, Fells) deixaram o time na intertemporada.

Redskins x Cowboys

Duelo de divisão que é fundamental para as aspirações de Redskins (6-4) e Cowboys (5-5) aos playoffs, principalmente quando olhamos para a NFC East e percebemos a inconsistência das equipes que estão na briga. Duas defesas que estão fazendo trabalhos competentes em 2018, Washington perdeu seu quarterback por lesão, Dallas vive seu melhor momento no ano… quem leva essa?

Quarterbacks

Como mencionado acima, os Redskins serão comandados pelo veterano Colt McCoy daqui em diante, já que o titular Alex Smith sofreu uma lesão gravíssima na semana passada e está fora da temporada. Difícil confiar tanto nos Redskins para vencer o duelo quanto em McCoy para o seu time de fantasy… simplesmente não.

Por outro lado, Dak Prescott melhorou de uns tempos pra cá e se consolidou como uma opção intermediária de fantasy na maioria das semanas. Dessa forma, podemos esperar algo entre 14 e 18 pontos, sendo a sua escalação relevante em ligas maiores ou nas que a corrida por QB estiver mais intensa que o normal e você não tenha grandes opções.

Jogo corrido

Além das lesões na linha ofensiva e no corpo de recebedores, o fato de Alex Smith estar fora da temporada também prejudica o valor de Adrian Peterson (Flex). Num ataque tão remendado, é impossível que o RB envolvido não sofra uma queda, ainda mais quando pensamos nos Cowboys liderando o placar durante o jogo e os Redskins passando mais a bola do que correndo. Obviamente, ele terá suas oportunidades e é uma opção relevante na rodada, porém mantenham as expectativas dosadas. Além dele, Chris Thompson segue fora por lesão e Kapri Bibbs complementa o backfield, sendo uma aposta absolutamente arriscada e dependente de TD.

Nos Cowboys a situação é mais simples e, apesar do bom trabalho que os Redskins estão fazendo contra os RBs adversários, essa defesa provavelmente ficará muito tempo em campo e cansará, abrindo os caminhos para um dos melhores corredores da liga: Ezekiel Elliott (RB1). 

Jogo aéreo

Particularmente, não consigo confiar em Maurice Harris ou Josh Doctson pelos Redskins, já que nenhum deles demonstrou sintonia com o novo titular Colt McCoy na semana passada; a exceção aqui atende pelo nome de Jordan Reed (TE) que voltou a marcar um touchdown (não acontecia desde a semana 1) e pode ser relevante tanto no volume de jogo quanto nas oportunidades de redzone.

O principal nome do jogo aéreo de Dallas é o Amari Cooper (WR2), recebedor principal da equipe e que deve ser mais envolvido no plano de jogo a cada semana. Além dele, Cole Beasley e Michael Gallup são opções sem piso e que vão simplesmente depender de um dia inspirado e, como vocês bem sabem, essa incerteza é tudo que um jogador de fantasy não quer.

Falcons x Saints

Para que o pulso ainda pulse, os Falcons (4-6) precisam desesperadamente de uma vitória contra um dos times mais quentes da liga nesse momento, o New Orleans Saints (9-1). A equipe de Atlanta vem de duas derrotas seguidas e começa a se afastar das chances de pós-temporada, enquanto que os Saints não perdem desde a semana 1 e esperam manter a boa fase.

Quarterbacks

Matt Ryan  decepcionou muita gente na semana passada e por mais que a defesa dos Saints tenha melhorado bastante e já não mereça o status de “secundária peneira”, o quarterback dos Falcons ainda é sim uma das ótimas opções da semana devido ao piso de pontuação que vem demonstrando em 2018 e às possibilidades de explorar uma defesa em ascensão, mas que ainda tem problemas no fundo do campo.

Se Ryan é uma boa aposta, o que falar de Drew Brees? 2.964 jardas, 25 TDs e apenas 1 interceptação são alguns dos incríveis números que colocam Brees no topo da briga pelo prêmio de MVP da temporada e no topo das opções de quarterbacks do fantasy contra a fraquíssima defesa dos Falcons.

Jogo corrido

O front seven dos Saints está fazendo um trabalho fantástico contra RBs, mas dá para confiar em Tevin Coleman (RB2) quando percebemos a sua grande utilização e o piso de pontuação apresentado no ano; mais arriscado que Coleman é Ito Smith (Flex +14), que dependerá de um TD para salvar seu time de fantasy nessa quinta.

Se eu tenho uma certeza na vida, é que a dupla de RBs formada por Alvin Kamara (RB1) e Mark Ingram (RB2) está babando só de pensar nesse matchup contra os Falcons, já que essa defesa não consegue parar jogo corrido tradicional ou running backs recebedores, o que significa festa completa para Kamara e Ingram nas trincheiras.

Jogo aéreo

Matt Ryan vem para o jogo com uma média superior a 300 jardas por jogo em 2018 e esse volume é suficiente para alimentar muita gente (mesmo no feriado de Ação de Graças), logo, confiar em Julio Jones (WR1), Calvin Ridley (flex) e Mohamed Sanu (flex+14) é coerente. Finalizando os Falcons, citamos o Austin Hooper (TE) como um jogador que é menos confiável que JJ e Ridley, por exemplo, mas que ganha valor pela escassez na posição de TE.

Escalar o Michael Thomas (WR1) nessa temporada é uma felicidade para quem possui o jogador no seu elenco de fantasy. Aliás, o duelo Julio Jones x Michael Thomas reúne dois dos melhores recebedores da liga, fiquem ligados! Ainda nessa perspectiva, temos o Tre’Quan Smith (WR2) que explodiu na semana passada, assim como havia feito na week 5, mas está listado como questionável para a partida e o TE Benjamin Watson, que viu poucos alvos na sua direção nas últimas semanas, o que o coloca como uma opção de desespero na posição.

Uma semana de NFL que começa com 3 transmissões em plena quinta-feira é uma semana de respeito! Espero que você consiga aproveitar o dia para ver esses jogos e iniciar a rodada com o pé na porta do seu adversário de fantasy. As crônicas voltam no final de semana, analisando os outros jogos da rodada. Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.