Fora do Pocket – Semana 13

em

Durante a competição de fantasy, muitos aspectos podem ser levados em consideração no momento de escalar seu time. Você pode ver a força da defesa adversária contra uma posição específica, pesquisar a opinião de vários especialistas com ferramentas como “Who I start”, presente em vários sites que falam sobre o assunto, para comparar jogadores, buscar informações com apostas da semana, análise de volume e oportunidades dos jogadores etc…

Tudo isto é fruto de trabalho de pessoas que fazem uma análise cuidadosa, na maioria das vezes, de aspectos estatísticos e do próprio jogo para deixar a notícia o mais didática e fácil de utilizar pelo leitor,  o público que acompanha a informação.

Na verdade, se você almeja uma imersão mais profunda no mundo do Ffball, e se tornar um jogador cada vez mais experiente no assunto, a primeira coisa a fazer é estudar! Rs, Aí você pensa “mas estou aqui para me divertir, o cara está dizendo que devo estudar?” 🤣🤣🤣

Pois é meus amigos, estudar o fantasy e toda sua dinâmica é que vai fazer de você um verdadeiro jogador, torná-lo experiente e trazer uma visão mais ampla sobre tudo é, inclusive, um dos maiores objetivos do artigo que está lendo agora.

O nome já traz um pouco esta mensagem quando explora a ideia de sairmos do pocket, do mesmo jeito que um quarterback faz quando precisa ampliar seus horizontes para concluir a jogada.

Assim, o FdP decidiu buscar para vocês um dos processos que está dentro do jogo de forma tão decisiva que influencia diretamente no desempenho dos jogadores das diversas posições de maneira específica e pode ser usado no momento de escolher seus jogadores para cada semana de confronto.

O “Game script” vai ser avaliado abaixo e utilizaremos o cenário da semana 13 desta temporada para inferir um pouco em como podemos usá-lo para tomar as melhores decisões na escalação.

Game Script

Com certeza, quem tem jogado com afinco o Fantasy Football, mesmo que esta seja sua primeira temporada, em algum momento teve contato com o termo “Game Script” (GS). O Game script, ou plano de jogo, trazendo isto para o nosso bom português, se refere a como flui cada partida com relação à margem de pontuação, em cada momento do jogo.

Explicando um pouco melhor, em cada momento um time pode liderar com uma larga vantagem de pontuação. Pode ser o time adversário que estará na margem de uma pontuação muito inferior e buscando alcançar o outro em pontos. Ou os dois times podem estar com pontuação próxima, brigando pela liderança. Estes momentos vão determinar planos de jogo diferentes, com estratégias específicas.

O momento em que um time está na liderança, operando com uma margem positiva, é denominado com “Positive Game Script”. A tendência em um plano de jogo (PJ) como este é que o time que lidera utilize o jogo corrido de forma preponderante. Isto leva a um consumo maior de tempo do confronto, mantendo o time com vantagens de vencer o jogo.

Num “Neutral Game Script”, Nenhum dos times avançou de forma considerável na liderança da partida, geralmente se distanciando por apenas uma posse de bola, levando a uma possibilidade de virada na vantagem em qualquer momento. Neste PJ, os times tendem a manter-se utilizando suas áreas de jogo onde sejam mais fortes e não há uma necessidade maior de abandonar o jogo terrestre.

Já quando o time se encontra atrás do placar, buscando uma pontuação para diminuir uma desvantagem maior, configura-se um “Negative Game script”. Neste caso, o time tende a abandonar o jogo corrido, para poder pontuar mais rápido e ter chances de diminuir a diferença em tempo hábil para virar o placar.

E como podemos utilizar estas teorias de forma prática? Porque a primeira coisa que nos vem à cabeça é que o game script vai ser determinado durante o jogo, momento em que você já escalou o seu time e não daria mais para prever uma situação favorável. Na verdade não dá para prever em qualquer aspecto.

Imagine prevermos o jogo de ontem? Quem não escalaria Drew Brees e Michael Thomas? E quem hoje, não está na sofrência por tê-lo feito? 🤣🤣🤣 A estimativa (ou “spread” para familiarizar o termo) era de uma vantagem de mais de 7 pontos para NO e olha no que deu. No fim das contas, o que mais rege o Fantasy não é prever (ninguém é mãe Dinah) mas diminuir o risco de modo que as tendências direcionem seu time para uma vitória.

Nos Estados Unidos, tão popular quanto o jogo de Fantasy são as estatísticas de apostas para os jogos da NFL. Quando as casas de apostas direcionam um time para uma vitória com game script positivo, geralmente estão certas em mais de 70 % das vezes e muito próximo a isso quando o jogo está com diferença entre 3-6 pontos. (67%), sendo menos previsíveis com pontuações menores.

Esta seria uma forma útil para predizer se vale a pena apostar em corredores daquele time, ou acreditar que os passes e jogadas aéreas possam ser mais usados nas chamadas. Acreditem, funciona muito bem.

Como o Game script afeta diferentes posições?

Já vimos que jogos nos quais os times têm uma vantagem considerável, maior que 7 pontos, por exemplo, ou desde o início se distanciaram muito no placar, a tendência é que o jogo corrido daquele time se torne uma boa pedida para o confronto, melhorando as possibilidades de seus jogadores, tornando-os mais confiáveis.

Um jogador que é menos influenciado pelo game script é o quarterback, simplesmente porque é a posição que é menos afetada pelo volume, já que o que indica a boa atuação do QB é muito mais a eficiência que volume de jogo.

Porém, devemos considerar que em game scripts positivos a chance de TD aumenta e o que é mais afetado num game script positivo é o volume de scores, além de que a qualidade dos passes tende a cair e a chance de erros e interceptações aumenta pelo aumento dos riscos aos quais se expõem para tentar pontuar.

Menos atingidos ainda pelo game script seriam os WR. Há que se pensar, mas com um Game script negativo o volume do jogo aéreo não aumenta? Então eles deveriam ser mais confiáveis! No entanto, ao mesmo tempo que aumenta a quantidade de passes, a tendência a marcar TD diminui consideravelmente; imagine o quanto isso não influencia negativamente no valor de um WR para o Fantasy? Na verdade, o valor relativo dos WR tende a ser mais enfático em game scripts mais neutros, quando a chance de jogadas efetivas aumentam para os recebedores.

No caso dos kickers o grande fator que influencia mais a boa eficiência é muito mais a margem total de pontos que o game script, colocando lideranças com margens maiores como situações mais favoráveis.

E D/ST são muito mais influenciadas com relação às “odds” pela quantidade de pontos que o time adversário tende a marcar. Quanto menor a quantidade de pontos, maior a possibilidade do jogo defensivo se sobressair. Isso parece meio óbvio quando pensamos no jogo em andamento, mas estamos aqui considerando possibilidades de prever situações mais favoráveis com base em dados prévios aos jogos, as odds.

No jogo ofensivo temos diversos cenários e, para a semana 13, passamos agora os mais favoráveis para diversos jogadores:

Times com Game Script Positivo

Green Bay Packers vs Arizona Cardinals – Vantagem estimada: 14 pontos – 43,5 O/U 

Excelente cenário para ter uma boa produtividade do corredor Aaron jones. Não podemos dizer o mesmo para o jogo corrido de Arizona que tem sofrido muito com estes jogos, sempre atrás na vantagem.

KC vs Oakland – Vantagem estimada: 14,5 pontos – 55 O/U

Seria um cenário favorável para Kareem Hunt, mas como tudo indica que deve haver alguma punição ou o jogador não deve estar presente neste jogo, é a hora de correr atrás de Spencer Ware, grande nome para adquirir na FA; corra!

Introduzindo outro termo, não menos importante, “O/U” (Over/under) seria a quantidade de pontos marcados no jogo. Em game scripts nos quais esta quantidade de pontos é mais alta, a tendência que o jogo aéreo se beneficie é também maior. Devemos ficar de olho não só em Tyreek Hill, mas em Kelce e Chris Conley.

LA Rams em Detroit – Vantagem estimada: 10 pontos – 55,5 O/U

josh reynolds.jpg

De olho em Todd Gurley é covardia, não é? Mas deve ser mais um show dos recebedores também e seria uma boa hora de apostar em Josh Reynolds mais uma vez.

Seattle vs San Francisco – Vantagem estimada: 10 pontos – 46 O/U

chris carson.jpg

Se você tem Chris Carson é muito bom apostar, mas em ligas maiores seria uma opção considerar o Rashaad Penny, as notícias estão sugerindo que mais usado nesta semana e quando começam a sair estes tipos de considerações, a tendência é que ocorram.

Finalmente, dois jogos em que os odds sugerem situações interessantes:

New England Patriots vs Minessota Vikings: Vantagem estimada: 5,5 – 49,5 O/U

josh gordon

Uma situação como esta sugere que os Patriots usem bem tanto seu jogo corrido quanto seu jogo aéreo, mas que Minnesota use também o que tem melhor de seu ataque.

De olho em Sony Michel, James White (e quem sabe, Rex Burkhead). Seria bom apostar também em Julian Edelman e uma boa atuação de Josh Gordon. Mas Minnesota deve vir pesado com Adan Thielen e Stefon Diggs.

Pittsburgh Steelers vs Los Angeles Chargers – Vantagem estimada: 3,5 pontos – 51 O/U

keenan allen.jpg

A grande e única vantagem dos Steelers nesse jogo é jogar em casa. A tendência pelo Over/Under é que o jogo aéreo seja mais utilizado dos dois lados. Aparentemente a tendência será acreditar mais nos recebedores, principalmente, em A. Brown e Juju.

No caso dos Chargers acredito que o mais confiável será o grande Keenan Allen, mas vejo o ataque dos Steelers com maior chance de sobressair. O jogo corrido enfrenta de um lado a perda (pelo menos temporária), de Melvin Gordon. Ekeler é um bom jogador, mas acho que não seja o melhor momento para apostar em atuação excelente (Fiquem de olho em Justin Jackson).

No outro lado, James Conner vai enfrentar dificuldade com a defesa dos Chargers. Sua vantagem será a pressão que Big Ben deve enfrentar com Joey Bosa e Melvin Ingram em campo e muitas vezes poderá ser a válvula de escape do QB de Pittsburgh.


Bom, meus amigos, é isso. Esta é apenas uma pequena amostra de uma forma interessante de te ajudar a escalar seu time. Temos muitos outros fatores a considerar sempre: se o time joga fora ou em casa; isso pesa. Se a defesa é boa ou ruim contra jogo corrido ou aéreo. Mas a aplicabilidade do Game script utilizando as previsões de Vegas tem seu lugar. Qualquer coisa, estamos aí. Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.