Crônicas dos Confrontos – Semana 15 – Jogo Corrido

em

Fala galera! Vamos discutir os corredores para esta superimportante semana 15? Direto ao assunto!


FALCONS X CARDINALS

David Johnson

Dois times da NFC sem mais pretensões de playoff em 2018, porém que querem vencer pela honra. E o grande nome dos backfields aqui (e na semana, eu diria) é David Johnson (RB1). Os Falcons cedem, em média, 19 toques na bola e mais de 23 pontos PPR ao principal corredor adversário. Escalação obrigatória.

Para o lado de Atlanta, o prognóstico seria positivo se Tevin Coleman (RB2) estivesse num bom ano, coisa que não temos visto como nas temporadas anteriores.

BENGALS X RAIDERS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais dois eliminados, agora pela AFC. Bengals e Raiders fizeram temporada triste, cada um por seus motivos, mas não cabe discussão nisso agora. Sobre a partida, Oakland quer terminar a temporada contra a AFC North positiva, após vencer Steelers e Browns. A missão parece boa para Doug Martin (RB2 com upside), já que os Bengals, assim como os Falcons, são generosos com líderes de backfield: 18 toques e 22 pontos PPR de média. Jalen Richard (flex) pode achar um goal-to-goal e ser o seu oportunista em ligas grandes.

Cincinnati também tem confronto favorável para Joe Mixon (RB2 com upside), mas o jovem corredor terá que levar seu melhor jogo para explorar o teto que Oakland oferece.

VIKINGS X DOLPHINS

dalvin cook.jpg

Esse jogo vale muito! Portanto os dois times vão buscar a vitória, e isso só soa bom para um dos lados que corra melhor com a bola. E qual seria esse lado? Eu aposto nos Vikings, já que eles têm mais capacidade para segurar as corridas de Miami que o contrário. Assim, Dalvin Cook (RB1) deve achar caminhos para pontuar bastante (afinal os Dolphins têm contido mais as corridas dentro da divisão que fora dela).

Por falar nos golfinhos,  o teto não será alto para Kenyan Drake (flex), que dirá para os outros colegas de corridas.

COLTS X COWBOYS

ezekiel elliott.jpg

 

Enquanto os Cowboys estão com um pé nos playoffs, os Colts ainda lutam muito. Portanto é jogo de grandes implicações. Assim sendo, os backfields vão com força total. O jogo não é fácil pra qualquer dos backfields, com Ezekiel Elliott e Marlon Mack (ambos RB2) tendo a missão de se desdobrar para produzir bem. Creio que os Cowboys devem manter a boa fase sobre os Colts, principalmente se Zeke for bem aproveitado no jogo de passes.

RAVENS X BUCCANEERS

gus edwards

Neste jogo são os Ravens que têm a responsabilidade, pois são o atual seed #6 da AFC (tendo Dolphins, Colts e Titans com campanha semelhante). Assim vencer os Bucs é essencial para manter seu destino nas próprias mãos.

Para isso, eles contam com um dos melhores ataques terrestres da liga contra uma das defesas mais permissivas. Aí Gus Edwards (RB2 com upside)  quer é mais! Aqui trazemos o óbvio destaque para o QB/RB Lamar Jackson (pois ele tem 96 corridas contra 101 tentativas de passe, é mole?) que vai correr muito nesse jogo, o que deve tirar um pouco do teto de Edwards. Kenneth Dixon voltou mas depende de TD para ser relevante (embora possa ganhar uns poucos pontinhos no PPR).

A defesa dos Cowboys silenciosamente cresceu, apareceu e trouxe Dallas para este momento. Isso se traduz em teto baixíssimo para Peyton Barber (flex em ligas maiores).

BILLS X LIONS

legarrette blount

Dois eliminados se enfrentam num jogo que pode ser divertido para assistir e talvez para torcer no fantasy. Quem joga pelos Bills? LeSean McCoy é questionável, e Marcus Murphy ou Chris Ivory podem aproveitar o teto de RB1 sobre os Lions. O mesmo vale para LeGarrette Blount em relação aos Bills, por mais que sejam uma boa defesa contra o passe.

BEARS X PACKERS

tarik cohen

Parece que o jogo virou, não é mesmo? 🤔

Em 2018 são os Bears que estão aí para assombrar na NFC North, e, contra os Packers, a vontade de vencer é muito grande pois perderam o jogo de ida no início da temporada. Talento e força não faltam, e essa vitória deve acontecer. Rodgers que faça o que faz de melhor (evitar turnovers) pois a pressão será imensa vinda desta defesa.

Em termos de corridas, a ordem para Chicago é: não seja óbvio. Portanto, usar a versatilidade de Tarik Cohen (flex com upside) é essencial pois a defesa de GB sabe se portar nas trincheiras, ou seja, o teto de Jordan Howard (flex), o óbvio da questão, cai muito.

Sobre Aaron Jones (flex), é desejar boa sorte e que busque os flancos como seu adversário Cohen para ter boa produção. Dificilmente Joe Philbin terá planos para Jamaal Williams.

GIANTS x TITANS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Gigantes versus Titãs! Que confronto, hem?

Admirações à parte, os Titans são um daqueles times 7-6 cuja vitória é muito importante. O problema é enfrentar um adversário que vence quando menos se espera. Este jogo promete ser pegado, por mais que os Giants não tenham mais aspirações de playoffs.

Assim sendo, o que esperar de Derrick Henry (RB1), agora que engrenou? Mais produção, pois os Giants abrem a sala e convidam. E Dion Lewis? Bem, prefiro não comentar…ou melhor, prefiro manter no banco em ligas menores.

Agora vamos falar sobre Saquon Barkley (flex com upside)…atenção! Como diz meu parceiro de crônicas, Matheus Mendes, “dosem suas expectativas”, pois os Titans seguram a onda contra contra RBs. Ou seja, por melhor (e melhor e melhor) que o calouro seja, este é um confronto duríssimo em que ele precisa provar o quanto é bom.

Eu disse flex com upside para você que arrumou um Phillip Lindsay no meio do caminho e pode fazer esse tipo de jogada. Para quem não conseguiu isso ou está em ligas grandes, não tem jeito: ele é RB1 pra você ainda que o teto seja baixo nessa partida.

JAGUARS X REDSKINS

Era uma vez dois times bem cotados para ir aos playoffs… enfim, coisa do passado. Acredito que veremos uma partida de rugby comandada por Adrian Peterson e Leonard Fournette (ambos RB2) com participação especial de T.J. Yeldon (flex) para quem o tem em PPR. Por que será que penso nos kickers dos times nesse momento…? 🤔

E Carlos Hyde caiu no ostracismo…

carlos hyde
Ai que saudades do meu tempo de 49ers…

49ERS X SEAHAWKS

matt breida

Seattle é o único a alcançar 2000 jardas terrestres após 14 rodadas (13 jogos disputados). O que isso significa? Chris Carson e Mike Davis correndo muito (Penny não joga), mas nenhum com teto de RB1 garantido; no máximo um RB2 para Carson, que é o melhor corredor do time.

Ao mesmo tempo que corre, permite correr: o desafio é bom para Matt Breida (RB2 com upside).

STEELERS X PATRIOTS

sony michel

(Ao mesmo tempo em que quero acreditar num jogo duro entre duas potências da AFC eu penso que os Patriots vão demonstrar por que os Steelers perderam para os Raiders.)

Bom, os Patriots adoraram a vitória dos Chargers sobre os Chiefs e querem bater os Steelers para se aproximar ainda mais de jogar os playoffs inteiros em casa. Para isso, no entanto, o melhor caminho seja o jogo aéreo, já que a defesa de Pitt consegue limitar a produção dos RBs adversários. Assim James White e Sony Michel não devem passar de flex sem a ajuda de um TD que aconteça, de preferência de passe.

Do outro lado, caso James Conner retorne 100% e contribua no jogo aéreo, ele tem teto de RB2. Jaylen Samuels e Stevan Ridley dependem da designação de Conner para ter algum valor.

RAMS X EAGLES

todd gurley.jpg

Sunday Night que poderia ser mais interessante se os Eagles mantivessem a pegada de 2017, principalmente no departamento médico, pois a secundária é sombra e Carson Wentz não joga. A zica fez morada em Philadelphia…

Na real, os Eagles não têm muito poderio ofensivo nesta partida, e Josh Adams estará mais para flex.

Bom, se é possível falar algo de Todd Gurley, é que ele é duplamente RB1, pelo jogador que é e pelo confronto.

PANTHERS X SAINTS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fechando a semana, talvez o maior encontro de backfields talentosos da rodada. O problema será o teto dos envolvidos, Alvin Kamara e Christian McCaffrey têm teto de RB1, mas TDs serão cruciais para isso. O jogo promete ser aéreo, logo os dois studs terão teto mais alto no PPR. Mark Ingram (flex com upside) corre por fora no standard e vale um flex (literalmente) em ligas maiores.


Agora vocês têm encontro marcado com o jogo aéreo. Abraço e boas semifinais!

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.