Crônicas dos Confrontos – Jogo Aéreo

em

Meus amigos,

Chegamos no jogo aéreo, o momento em que analisamos os fatores que influenciam no desempenho de wide receivers e tight ends. Vamos?

RAVENS X CARDINALS

fitz

Um dos grandes destaques de todo o fantasy na semana 1, Marquise Brown foi o primeiro WR draftado no último recrutamento e entrou na NFL chutando a porta com 4 recepções para 147 jardas e 2 touchdowns.

Depois de muitas adições nos waivers, “Hollywood Brown” está no auge do hype e atento apenas ao volume não tão alto que teve contra os Dolphins (5 targets), o que o coloca no máximo como FLEX nas grandes ligas. O cenário ideal é aguardar a estabilidade dele para entender quem será Brown no fantasy esse ano, entretanto, se você precisa buscar teto numa liga maior, cabe a aposta.

Outro alvo interessante nos Ravens é o TE Mark Andrews, esse sim com um piso positivo (8 targets, 8 recepções). Ademais, o confronto é favorável e Andrews deverá fazer mais uma grande partida, especialmente em ligas PPR (ponto por recepção).

Enfrentar a defesa dos Ravens no M&T Bank Stadium não é animador para ninguém e isso, de fato, diminui o piso dos recebedores de Kyler Murray. Entretanto, a dupla formada por Larry Fitzgerald (FLEX) e Christian Kirk (FLEX) parece ter desenvolvido a sinergia necessária com Murray, além de um volume interessante.

Além disso, imagino Arizona precisando correr atrás de placar e isso, consequentemente, auxilia na produção de seus WRs; se precisar escolher entre os dois, Fitz é levemente mais confiável.

LIONS X CHARGERS

keenan

Pelos Lions, vimos uma equipe que, como sempre, passou muito a bola na semana passada, garantindo um valor interessante nesse jogo contra os Chargers tanto para Kenny Golladay (WR2) quanto para Marvin Jones (FLEX).

Além deles, o rookie TE T.J. Hockenson teve um volume animador (9 targets) e produziu muito bem a partir disso, colocando-se como um jogador para ser escalado contra os Chargers. Para fechar, gostaria de ver um pouco mais do Danny Amendola antes de indicar sua escalação.

A lesão do TE Hunter Henry deve aumentar um pouco o valor do já consolidado Keenan Allen (WR1) para essa partida, além de contribuir com o jogo de Mike Williams, se imaginarmos os targets na redzone que o jogador deve receber. Ele nunca possuiu piso, mas a possibilidade latente de TD o coloca como um FLEX com algum risco associado nas ligas maiores.

TITANS X COLTS

hilton

Ano vai, ano vem e o principal recebedor dos Titans atende pelo nome de Delanie Walker (TE), aparentemente recuperado da lesão e, vindo de uma semana fantástica, segue sendo um titular na posição.

Em relação aos WR’s, não dá para confiar em Corey Davis (sem recepções na semana 1) ou em A.J. Brown (fez boa partida, mas teve apenas 3 recepções). Até entender como essa divisão se dará, prefiro deixá-los no banco junto com o menino Adam Humphries.

A pontuação de T.Y. Hilton (WR2) foi um alívio aos que estavam preocupados com o impacto da aposentadoria de Andrew Luck, já que as ressalvas em relação ao Jacoby Brissett diminuíram, colocando ele num patamar de WR2 de topo nessa semana.

Imagino que a lesão sofrida por Devin Funchess tende a ajudar os TE’s dos Colts, Eric Ebron e Jack Doyle, principalmente o primeiro, que possui valor de titular nas ligas maiores, pelas boas oportunidades de touchdown que deve ter.

BENGALS X 49ERS

kittle

Mais importante do que a pontuação que fez, John Ross (FLEX) ressuscitou das cinzas, principalmente pelo volume que recebeu (12 targets, 7 recepções). Às vezes, apostar no “hot hand” é interessante e acho que Ross é um desses casos.

Isso não significa dizer que ele é o principal alvo de Andy Dalton, não esqueçam que Tyler boyd (WR2) segue sendo um cara de excelente piso e ótimas oportunidades de touchdown; o TE Tyler Eifert pode se tornar um cara com valor em ligas PPR, mas ainda precisa ser observado antes de qualquer escalação.

Dante Pettis, Marquise Goodwin, Deebo Samuel… não, ainda não. Até que exista uma definição quanto aos recebedores de Garoppolo, não tem WR confiável nos 9ers e essa imprevisibilidade na posição só reforça o valor absoluto de George Kittle (TE), um dos melhores da posição para essa temporada.

TEXANS X JAGUARS

hop

Nos Texans, mencionar DeAndre Hopkins (WR1) como um dos grandes jogadores da rodada é figurinha repetida e praticamente certeza de grandes pontuações; além dele, a sintonia entre DeShaun Watson e o recebedor Will Fuller (FLEX) é maravilhosa e a altíssima possibilidade de big plays entre esses dois justifica a escalação do rapaz. Fechando Houston, Kenny Stills é um cara que prefiro aguardar para entender qual será o seu papel real nesse ataque.

A lesão do quarterback Nick Foles assusta esse ataque e, naturalmente, impacta o valor de Dede Westbrook (FLEX), D J Chark e Chris Conley (ambos reservas). É bem possível que o enfoque no jogo corrido, através do Leonard Fournette, seja intensificado e prejudique o valor dos recebedores.

PACKERS X VIKINGS

adams

Amigos, não há qualquer razão para se assustar com a baixa pontuação do Davante Adams (WR1) na semana 1, já que confrontar essa amostragem mínima com os últimos 3 anos de produção do jogador chega a ser constrangedor. Tenham calma e confiem nele que o rapaz vai corresponder.

Além dele, temos Jimmy Graham (TE) e Marquez Valdes-Scantling como apostas de pouco piso e alto teto na maioria das ligas, sendo o primeiro dependente de touchdown e o segundo de big plays. Dessa maneira, escalá-los dependerá exclusivamente das suas opções. Geronimo Alisson?  Primeiro ele precisa mostrar que está vivo e que pode usar e abusar do slot para ser produtivo em ligas PPR.

A defesa dos Packers foi uma grata surpresa na abertura da temporada contra os Bears e imagino que pode até dificultar as coisas para o jogo aéreo dos Vikings, o que não me impede de indicar tanto Adam Thielen (WR1) quanto Stefon Diggs (WR2), mas me deixa com um pé atrás sobre o TE Kyle Rudolph.

REDSKINS X COWBOYS

Amari

Aqui, mais um caso de um corpo de recebedores intrigantes, estruturado com Terry McLaurin, Trey Quinn e Paul Richardson como trio de wide receivers. Com 1 semana de amostragem, não consigo dizer nada além do fato de que McLaurin parece estar na frente da disputa de principal wide da equipe, possuindo valor de FLEX nas ligas maiores em que o seu time tiver muitos problemas na posição.

Além deles, a lesão de Jordan Reed (over and over again) deixa o caminho aberto para que o veterano Vernon Davis consiga encontrar espaço e valor como TE nas ligas maiores.

Nos Cowboys, Amari Cooper (WR1) é escalação obrigatória, Michael Gallup (FLEX) deve ir bem pela divisão de targets que o novo ataque de Dallas se propõe a implementar e tanto Randal Cobb quanto o TE Jason Witten são nomes com baixo piso e que, por isso, podem ficar no banco sem grandes prejuízos.

STEELERS X SEAHAWKS

juju

A decepção com os skill players dos Steelers deve ser esquecida após essa semana 2, em que vejo Juju Smith-Schuster (WR1) e Vance McDonald (TE) indo bem e te ajudando em seu confronto no fantasy. Particularmente, nunca fui fã do Donte Moncrief e acredito que James Washington, eventualmente, assumirá o papel de segundo wide receiver da equipe. De todo jeito, ambos merecem um chá de banco por  enquanto.

Pelos Hawks, dois nomes chamam atenção: Tyler Lockett (WR2) que deve ver um aumento nas bolas em sua direção na comparação com a week 1 e o calouro D. K. Metcalf (FLEX), depois de uma boa estreia, parece consolidado como o melhor alvo de Russell Wilson depois de Lockett, o que garante um potencial interessante para o jogador.

GIANTS X BILLS

brown

Nos Giants, não há nada a destacar além da lesão do Sterling Shepard (fora da partida), o que transforma o ataque da equipe em uma overdose de Evan Engram (TE), jogador que deve ser um dos melhores da sua posição novamente.

John Brown é uma aposta muito interessante para essa semana pelo matchup. De uma maneira geral, os CB’s dos Giants são lentos em comparação ao principal recebedor de Josh Allen e imagino que Brown irá cometer alguns crimes diante da defesa de New York.

Outro nome que merece menção pelo bom número de targets (9) na semana 1 é o Cole Beasley, jogador que pode ajudar os desesperados em ligas maiores no formato PPR.

DOLPHINS X PATRIOTS

edelman

Depois do caos que vimos na semana 1, é difícil confiar em qualquer recebedor em Miami. Se precisar de um, espero que seja o DeVante Parker, numa liga bem grande e sabendo do alto risco de não acontecer nada.

Esse promete ser o jogo da temporada para quem possui os alvos dos Patriots: Julian Edelman (WR2), Josh Gordon (WR2) e até o Antonio Brown (FLEX) se for para o jogo – e esteja atento até os últimos minutos antes da partida – são confiáveis.

RAIDERS X CHIEFS

watkins

Com a saída de AB, as expectativas criadas nos principais alvos dos Raiders antes da partida contra os Broncos corresponderam quando olhamos para os números de Tyrell Williams (WR2) e de Darren Waller (TE). Ambos continuam com um excelente valor contra a contestada defesa dos Chiefs.

A confirmação da lesão de Tyreek Hill valoriza demais o Sammy Watkins que, diante da secundária dos Raiders e depois do que fez contra os Jaguars no domingo é um WR2 mais do que confiável para qualquer time de fantasy nessa semana. Obviamente, o TE Travis Kelce é outro que segue como escalação obrigatória em qualquer equipe.

Um jogador que possui um teto intrigante é o calouro Mecole Hardman, draftado durante as confusões extra-campo de Hill, justamente para suprir uma possível ausência do principal WR dos Chiefs. O motivo foi outro, mas o fato é que Hardman terá as oportunidades; vamos ver como se sairá nesse primeiro teste.

RAMS X SAINTS

MT

Espero uma resposta de Goff depois da partida muito ruim contra os Panthers na semana 1 e isso beneficiará, diretamente, o excelente trio de recebedores que ele possui. Brandin Cooks, Robert Woods e Cooper Kupp possuem valor de WR2 devem corresponder ao capital de draft investido neles no fantasy.

Nos Saints, temos duas grandes opções em Michael Thomas (WR1) e Jared Cook (TE) e duas apostas “boom or bust” em Ted Ginn Jr (dependente de big plays) e Tre’Quan Smith (dependente de touchdown).

BRONCOS X BEARS

allen rob

Não gostei do que vi do Joe Flacco no domingo e só escalaria recebedores dos Broncos contra a defesa dos Bears em situações extremas. Dito isso, Courtland Sutton e Emmanuel Sanders são opções de FLEX para quem precisar apostar. Ainda sobre Denver, evitaria DaeSean Hamilton e Noah Fant (TE) que jogaram mal na semana passada.

As opções de jogo aéreo nos Bears restringem-se ao Allen Robinson (WR2), o Anthony Miller e o Trey Burton (TE), agora recuperado de lesão. Ah, sobre esses nomes, apenas Robinson é, de fato, seguro.

FALCONS X EAGLES

julio

Talvez num dos grandes jogos da rodada no aspecto ofensivo, Falcons e Eagles duelam no Sunday Night Football da semana. Pelos Falcons, Julio Jones (WR1) e Calvin Ridley (WR2) são starters indiscutíveis. Além disso, Austin Hooper (TE) deve ser interessante, principalmente em PPR e o Mohamed Sanu é uma aposta com algum potencial nas ligas maiores.

Nos Eagles, a tríade de valor no jogo aéreo é composta pelos wide receivers Alshon Jeffery (WR2) e DeSean Jackson (WR2) e o TE Zach Ertz, com todos possuindo ótimos valores contra a defesa dos Falcons.

JETS X BROWNS

odell

A lesão de Sam Darnold impacta o Robby Anderson pelo estilo do jogo do recebedor que gosta de esticar o campo, já que Trevon Siemian não possui um braço interessante para bolas em profundidade, o que faz de Anderson um “boom or bust” nesse jogo.

Por outro lado, Jamison Crowder (FLEX) vem de uma partida de incríveis 14 recepções e com Siemian no comando a tendência é de vários passes curtos para o recebedor que deve ir especialmente bem em ligas PPR, o que deve ajudar o jogador.

Em Cleveland, Odell Beckham (WR1) não foi um diferencial na semana 1 e esperamos que ele corresponda às expectativas da offseason nessa semana; ao lado dele, Jarvis Landry (FLEX) vem com o seu já tradicional piso, potencializado em ligas PPR.

Finalizando os Browns, o TE David Njoku respondeu bem graças ao TD contra os Titans e é também boa opção na posição para a semana 2.


Leitor, espero que as análises tenham te ajudado nas escolhas. Caso precise de uma opinião mais direcionada, basta entrar em contato numa das nossas redes sociais que teremos prazer em te auxiliar na escolha. Desejo boa sorte para todos nessa semana! Abraço!

 

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.