Crônicas dos Confrontos – Semana 3 – Quarterbacks

em

E aí, galera!

Preparados para mais uma semana de NFL? Começaremos as análises dos confrontos pelos queridos quarterbacks. Bora!

COWBOYS X DOLPHINS

Em 2 partidas, os Dolphins conseguiram a façanha de sofrer mais de 100 pontos e presenteou Lamar Jackson e Tom Brady com a facilidade encontrada diante do pior time da liga. Além disso, a equipe acabou de trocar um dos pilares defensivos da equipe, Minkah Fitzpatrick, o que só deve complicar ainda mais o trabalho desse setor problemático. Diante desse cenário, Dak Prescott é escalação obrigatória no seu time.

Se a defesa dos Dolphins é a comédia da liga, o ataque não fica muito atrás. A bagunça generalizada da equipe de Miami impede a indicação de qualquer jogador desse sistema ofensivo, imagine, então, o quarterback? Se nem a equipe consegue escolher entre Ryan Fitzpatrick e Josh Rosen, quem somos nós para fazê-lo?

BILLS X BENGALS

Em outro confronto que apresenta boas perspectivas para um dos quarterbacks envolvidos, os Bilss recebem os Bengals no New Era Field em busca do 3-0 na temporada e o QB em questão é justamente o segundanista Josh Allen, ótimo improvisando com as pernas e, aparentemente, mais sólido passando a bola em relação ao ano passado.

Por outro lado, Andy Dalton vem bem nesse início de 2019, mas estará diante de seu desafio mais difícil até aqui, a defesa dos Bills que vem permitindo apenas 11 fantasy points por partida na temporada e que deve dificultar as coisas para Dalton, fazendo dele uma opção de risco na semana.

EAGLES X LIONS

Depois de um primeiro tempo horrível, Carson Wentz voltou bem do intervalo e quase virou o jogo contra os Falcons, na semana 2. Nesse jogo, o quarterback dos Eagles passou para 231 jardas, 2 TDs (um passado e um corrido), além de 2 interceptações; para o confronto diante dos Lions, Wentz é boa opção e tende a ir bem.

Depois de uma estreia bombástica, Matthew Stafford voltou a ser o quarterback dos últimos anos, fazendo 15 fantasy points, um número “ok” para um QB titular. Nessa semana, Stafford deve ser considerado nas ligas maiores, pelo bom piso, mas não nas menores, por não possuir um teto de pontuação tão atraente.

PATRIOTS X JETS

Diante de um adversário despedaçado por lesões e tendo um início de ano muito positivo, tudo indica que Tom Brady deve continuar a desfilar seu talento com tranquilidade na semana 3, merecendo a sua confiança na escalação e, provavelmente, conduzindo os Pats à vitória contra os Jets.

Como se a ausência de Sam Darnold pelas próximas semanas não fosse suficiente, Trevor Siemian sofreu uma lesão no tornozelo no último Monday Night Football e está fora da temporada. Diante de tantos problemas, confiar na escolha de 6a rodada do draft de 2018, Luke Falk, não me parece uma boa alternativa.

COLTS X FALCONS

Depois de duas boas semanas, Jacoby Brissett já começa a ser olhado com bons olhos nas ligas maiores e esse é exatamente o seu valor: QB para ser lembrado nas ligas com 16 ou mais times, principalmente se você perdeu um titular por lesão nessas primeiras semanas da temporada.

Matt Ryan vem fazendo um ano sólido para o fantasy e a expectativa é que continue assim contra os Colts, defesa intermediária contra QBs nesse ano. Até aqui, Ryan possui 624 jardas, 5 TDs e 5 interceptações (mais do que gostaríamos) e é boa opção nesse confronto.

VIKINGS X RAIDERS

A gente tenta limpar a barra, mas o Kirk Cousins não ajuda, né? Depois da pífia atuação contra a (boa) defesa dos Packers, não tem como indicá-lo, mesmo diante de um confronto favorável. Caso dê sinal de vida nesse domingo, voltamos a conversar sobre o rapaz.

Quem também não fez um grande jogo na semana 2 foi o Derek Carr, quarterback dos Raiders que nos últimos anos se revelou uma opção inconstante para o fantasy, por não possuir um piso que inspire confiança nem um teto que valha a aposta. Fora de casa e contra a boa defesa dos Vikings, Carr não é uma boa pedida.

CHIEFS X RAVENS

No grande jogo da semana, Chiefs e Ravens fazem um duelo entre invictos que promete abalar as estruturas do Arrowhead Stadium. Nos Chiefs, não importa a defesa que está pela frente, já que Patrick Mahomes é de uma consistência invejável, produz jardas e TDs contra todos os times da liga e precisa ser sempre escalado no seu fantasy team.

Pelos Ravens, as expectativas em cima de Lamar Jackson antes da temporada eram boas, mas ele conseguiu superá-las com duas atuações dignas de MVP até aqui. Temos garantias de que ele será esse quarterback até o fim do ano? Ainda não, mas apostaria que Lamar será relevante para o fantasy durante toda a temporada, nós precisamos confiar nos jogadores que estão quentes no momento e ele está pegando fogo!

PACKERS X BRONCOS

Mesmo com as ressalvas de que Aaron Rodgers ainda está aquém das suas capacidades e enfrentará uma defesa complicada, não dá para deixá-lo no banco se você não tiver uma opção top 5 entre os QBs da rodada (e se você possui dois jogadores desse calibre na posição, deveria trocar um deles) dá para apostar em A-Rod por tudo que já vimos ele produzir. Com o favoritismo dos Packers dentro de casa, essa é uma oportunidade de redenção para Rodgers.

É engraçado olhar para o Joe Flacco, perceber uma produção parecida com a de Aaron Rodgers até aqui e analisar uma diferença tão grande de valor entre os dois jogadores. Se no caso anterior, a escalação faz sentido, a ideia é passar longe do veterano quarterback dos Broncos que já deu sinais de que esse ataque não vai muito longe em 2019.

CARDINALS X PANTHERS

O fato de Kyler Murray não ter passado para touchdowns na semana 2 não me assusta quando contextualizamos isso e percebemos que faltou coragem aos Cardinals no gameplan e a equipe acabou chutando 3 Field Goals na beira da endzone.

Na verdade, perceber que o calouro fez 16 fantasy points mesmo sem marcar TDs contra a defesa dos Ravens é um ótimo sinal! Lembram que sempre procuramos piso de pontuação no fantasy? Foi isso que ele demonstrou e a segurança em indicá-lo contra os Panthers vem muito por causa desses números.

Com uma lesão no pé, Cam Newton está oficialmente fora da partida e abre espaço para Kyle Allen, cria de Texas A&M. Em 2018, Allen jogou 2 partidas e teve um desempenho decente, 20/31 passes para 266 jardas e 2 TDs, sem interceptações. Mesmo assim, certamente existem opções mais seguras no seu elenco ou na FA de sua liga.

BUCCANEERS X GIANTS

Se o Jameis Winston não passar dos 20 fantasy points contra uma defesa que cede, em média, 27 por jogo em 2019, vai ser difícil voltar a confiar nele como um titular para o fantasy nessa temporada. Certamente, a pulga atrás da sua orelha em escalá-lo existe e ela é justa, mas o confronto é tão favorável que fica impossível não indicar o jogador como uma das boas opções da rodada.

Quando o Daniel Jones foi draftado no início do último draft, muita gente imaginou que o quarterback teria oportunidades como titular em algum momento da temporada, mas a precocidade disso pegou uma galera de surpresa.

Como torcedor dos Giants, sonho pela redenção da equipe e o estouro do calouro; como analista da NFL e do fantasy, sei que os problemas ofensivos de NY vão muito além do Eli Manning e que a chance da coisa não sair bem nesse início é grande.

SEAHAWKS X SAINTS

495 jardas, 5 TDs e um rating de 134, esses são os números do Russell Wilson nos dois primeiros jogos de 2019. Além disso, joga em casa contra os Saints abatidos pela lesão do Drew Brees e o nosso querido “Russoilso” é um QB top 10 na semana 3.

Como foi falado a pouco, Brees está machucado e fora do comando de ataque dos Saints por algumas semanas, deixando a responsabilidade para um velho conhecido nosso, Teddy Bridgewater, que terá um desempenho melhor do que a maioria das pessoas estão pensando (já acertei no Brissett, hein?) mas ainda não é relevante para o fantasy.

CHARGERS X TEXANS

A idade chegou e com ela as oscilações de desempenho do quarterback Philip Rivers que iniciou o ano emplacando 23.9 fantasy points contra os Colts e depois decepcionou uma galera com apenas 10 na semana passada. Pensando nisso, Rivers é uma boa apenas nas ligas maiores, onde seu teto compensa o risco na escalação.

O desempenho contra os Jaguars foi ruim e deixou algumas pessoas preocupadas, mas a tendência é que o Deshaun Watson seja muito mais o quarterback da primeira semana (30 fan pts) do que o da segunda (10 fan pts) e ele está entre as melhores escolhas da rodada.

49ERS X STEELERS

Nas ligas maiores, escalar Jimmy Garoppolo é algo compreensível pelo confronto favorável e é desse tipo de fantasy player que estamos falando, o jogador que vai ter sua produção bem associada ao matchup, semana após semana. Nessa perspectiva, Jimmy G deve ir bem contra uma equipe que possui alguns problemas.

Falando em bronca, Pittsburgh terá que lidar com a ausência de Big Ben em 2019, o que acelerou o processo de titularidade do jovem Mason Rudolph, quarterback segundanista e que agora terá a missão de comandar o ataque dos Steelers. Antes de pensarmos em escalar o rapaz, precisamos sentir do que ele é capaz, mas estejam atentos ao Rudolph durante as próximas semanas.

BROWNS X RAMS

O Sunday Night Football da semana será disputado entre Rams e Browns e apresenta perspectivas interessantes para os quarterbacks envolvidos na partida. Primeiro, falemos de Baker Mayfield, uma das sensações de 2018 e que ainda não correspondeu às expectativas nessa temporada.

Não fosse o touchdown gigante do Odell, Baker teria números modestos na semana 2 e ele precisa mostrar mais consistência aqui. Valor de QB a ser escalado nas ligas a partir de 14 times para ele.

Jared Goff, após uma estreia pífia, foi bem diante dos Saints e imagino que fará algo semelhante na noite desse domingo, o que o coloca como opção relevante entre os QBs da semana.

REDSKINS X BEARS

Fechando a rodada, Case Keenum e Mitchell Trubisky são dois caras com problemas diferentes, mas que acabam se tornando opções desfavoráveis para o fantasy. O primeiro, vem jogando bem, porém enfrentar a defesa dos Bears assusta qualquer um e a chance de múltiplas interceptações aqui é gritante.

Sobre Mitch, é difícil defender a escalação do quarterback dos Bears contra qualquer adversário pelo desempenho abaixo da crítica que ele vem tendo por enquanto, o que o coloca no banco do teu time sem qualquer receio.

Em relação aos quarterbacks, ficamos por aqui! o BrFF está te esperando para tirar suas dúvidas de escalações nas principais redes sociais. Te desejamos uma boa sorte em mais essa semana de fantasy football!

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.