Opções para reforçar seu time na waiver wire para a semana 7

A waiver é o mecanismo do fantasy que pode trazer um novo fôlego e renovar as esperanças para o seu time com a adição de jogadores que estão demonstrando seu valor nas últimas semanas.

Vamos em busca das pedras preciosas escondidas?

Sam Darnold, QB, New York Jets

Desde a semana passada, avisamos que o retorno do Darnold estava próximo e que isso significava um bom valor de waiver para o jovem quarterback dos Jets. Resultado? 338 jardas e 3 TDs totais em seu retorno. Na próxima semana, o confronto é contra os Patriots e ele não será uma grande opção de escalação, mas seu ano promete ser interessante depois disso.

Kirk Cousins, QB, Minnesota Vikings

Depois de um começo de ano trágico, Kirk Cousins recuperou a confiança com duas grandes atuações diante dos Giants e Eagles. Naturalmente, precisamos ponderar a deficiência desses adversários e entender que Cousins será um jogador que dependerá do matchup e, pensando nisso, a sequência Lions, Redskins, e Chiefs (semanas 7, 8 e 9) é convidativa.

Daniel Jones, QB, New York Giants

Quando observamos a partida ruim de Daniel Jones contra os Patriots, precisamos contextualizar o jogo, lembrando que o quarterback dos Giants estava sem Sterling Shepard, Evan Engram e Saquon Barkley (além do seu reserva imediato, Wayne Gallman) e enfrentou uma das melhores defesas da liga fora de casa. Dito isso, com o retorno de suas peças ofensivas e encarando os Cardinals na semana 7, DJ pode ser uma boa opção.

Chase Edmonds, RB, Arizona Cardinals

Com as lesões no corpo de recebedores dos Cardinals, Chase Edmonds acabou recebendo mais espaço, tanto em corridas quanto em passes e correspondeu muito bem nas 2 últimas semanas, onde marcou 2 touchdowns e boas jardas, mostrando que pode ser mais envolvido nesse ataque. Na week 7, o matchup é favorável (NYG) e Edmonds pode ir bem mais uma vez.

Jamaal Williams, RB, Green Bay Packers

Nas semanas 2 e 3, Jamaal Williams havia dado sinais de que poderia ter uma temporada realmente boa, dividindo os toques com o Aaron Jones no backfield dos Packers. Depois disso, o running back sofreu uma lesão que o tirou de algumas partidas, mas já voltou com tudo contra os Lions no MNF de ontem e merece destaque aqui.

Benny Snell, RB, Pittsburgh Steelers

Com a lesão do Jaylen Samuels, RB que vinha recebendo algum volume e complementando o titular James Conner, era esperado que o calouro Benny Snell tocasse mais na bola e isso de fato aconteceu no último domingo, onde ele carregou a bola 17 vezes (além de 1 recepção) para 89 jardas totais, o que nos deixa atentos em relação ao jogador para as ligas maiores.

Jamison Crowder, WR, New York Jets

Em duas partidas com o Sam Darnold nesse ano, Jamison Crowder acumula 26 targets, 20 recepções e 197 jardas, o que o coloca como um sleeper nesse momento da temporada, principalmente em PPR. Numa de minhas ligas, troquei por ele antes dessa semana, mas pode ser que você tenha a sorte de estar em alguma liga em que o rapaz esteja te esperando nos waivers.

Auden Tate, WR, Cincinnati Bengals

Na semana 6, Auden Tate fez a sua partida mais consistente até aqui, vendo 12 bolas sendo lançadas em sua direção (recebeu 5) e batendo seu recorde de jardas na temporada, com 91. Enquanto A J Green estiver de fora, Tate deve continuar aproveitando o “garbage time” do time dos Bengals.

Zay Jones, WR, Oakland Raiders

Trocado para os Raiders, o jovem Zay Jones fará sua estreia na nova equipe logo depois da semana de bye, o que foi ótimo para que o wide receiver pudesse aprender o novo playbook e desenvolver sintonia com o seu novo quarterback. Com a lesão de Tyrell Williams, Jones será o WR1 da equipe por algumas semanas e isso deve trazer um bom volume para ele.

D. K. Metcalf, WR, Seattle Seahawks

O único motivo que justifica a presença do Metcalf nessa lista é o fato dele ainda estar disponível em 41% das ligas de fantasy por aí, o que é um absurdo quando olhamos as estatísticas e vemos que o calouro dos Hawks é um dos jogadores com mais targets na redzone (7) em toda a NFL, além das 336 jardas aéreas e 2 touchdowns que já conseguiu. Agora que o TE Will Dissly está fora da temporada por lesão, a expectativa é que haja um aumento no volume de bolas lançadas na direção do jogador.

Hunter Henry, TE, Los Angeles Chargers

Posicionado entre os principais TEs na maioria dos drafts de fantasy nesse ano, Hunter Henry se machucou logo na week 1 e prejudicou muita gente que investiu um alto capital nele. Depois de 5 semanas, ele voltou com tudo e emplacou 100 jardas e 2 TDs, chegando aos 30 fantasy points nas ligas PPR. Se você segurou o jogador no fundo do seu banco, meus parabéns. Caso você o tenha largado ou esteja numa liga que alguém fez isso, essa é a hora de corrigir o erro.

Ricky Seals-Jones, TE, Cleveland Browns

Desde a lesão de David Njoku, vimos um aumento no volume do Ricky Seals-jones e o TE dos Browns correspondeu em 2 das 3 semanas, marcando touchdowns e conseguindo jardas, o que o coloca como uma opção com um teto de pontuação agradável enquanto o ataque estiver desenhado dessa maneira.

Darren Fells, TE, Houston Texans

Entre as semanas 3 e 6, Darren Fells viu 16 bolas sendo lançadas em sua direção, somou 150 jardas marcou 3 touchdowns. Com o passar do tempo, o TE vai ganhando a confiança de Watson e pode ser uma escolha interessante numa liga mais profunda.

Boas compras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.