Opções para reforçar seu time na waiver wire para a semana 8

E aí, turma! Preparados para os nomes que podem ser adicionados aos seus times e que vão contribuir na caminhada rumo aos playoffs? A waiver é o lugar certo para você suprir ausências por questões de bye week, lesões ou encontrar a peça que estava faltando para o encaixe do seu roster.

Kirk Cousins, QB, Minnesota Vikings

Nos últimos 3 jogos, captain Kirk passou para 976 jardas, 10 touchdowns e apenas 1 interceptação, mostrando que ainda pode ajudar muito time de fantasy com problemas na posição de quarterback. Por mais que o início de ano de Cousins tenha sido péssimo, a verdade é que ele é um dos melhores QBs da NFL nas últimas semanas e certamente pode te ajudar a vencer jogos.

Ryan Tannehill, QB, Tennessee Titans

Agora titular dos Titans, Ryan Tannehill fez uma ótima partida contra os Chargers no domingo, ultrapassando a marca das 300 jardas e completando 2 passes para touchdowns na vitoria suada da equipe. Na próxima rodada, os Titans recebem os Buccs e Tannehill pode repetir a boa atuação, tornando-se opção nas ligas maiores.

Chase Edmonds, RB, Arizona Cardinals

O maior pontuador entre todos os running backs na semana 7 foi o Chase Edmonds, que já indicamos aqui desde a semana 6 da waiver, hein? Como prevíamos, o rapaz continuou o bom trabalho (aproveitando a lesão de David Johnson) e acabou com o NY Giants na rodada. Como falado aqui, não se sabe ao certo a gravidade da lesão de Johnson, mas o fato é que Edmonds correspondeu quando foi solicitado e é adição obrigatória se estiver disponível em sua liga.

Nota do editor: considerando que Arizona está testando outros RBs, buscar o Edmonds é ainda mais interessante e pode sinalizar uns lesão mais complicada para o Johnson.

Mark Walton, RB, Miami Dolphins

Mais uma vez, Mark Walton fez um bom trabalho na divisão entre os RBs dos Dolphins e conquistou 66 jardas em 14 corridas mostrando que pode ter espaço nesse ataque. Adicioná-lo, entretanto, depende muito do tamanho da sua liga, mas existem cenários em que ir atrás do jogador para compor o seu elenco é algo que faz sentido.

Ty Johnson, RB, Detroit Lions

Confirmada a lesão do Kerryon Johnson, fora por algumas semanas, Ty Johnson receberá o voume de RB principal da equipe e como no fantasy o volume é a lei, vocês precisam estar atentos ao jogador, até por que o próximo confronto será diante dos Giants e nós vimos o que o Chase Edmonds conseguiu fazer contra essa defesa no último domingo.

Kenny Stills, WR, Houston Texans

Outro que verá um aumento de volume pela lesão de um companheiro é o Kenny Stills, quando lembramos que Will Fuller se machucou e perderá múltiplas semanas, o que fará de Stills o segundo recebedor dos Texans, na frente do Keke Coutee e de qualquer TE da equipe.

A J Brown, WE. Tennessee Titans

Mais importante que a pontuação, que não foi a sua melhor na temporada, precisamos olhar para o volume recebido pelo A J Brown com o seu novo quarterback, Ryan Tannehill, porque até a semana passada, o máximo de recepções do calouro em uma partida era de 3. Somente na semana 7, foram 6 recepções, o dobro de qualquer outra partida em 2019 e esse envolvimento é muito interessante.

DeVante Parker, WR, Miami Dolphins

Tirando a partida da semana 2, na derrota humilhante contra o New England Patriots, DeVante Parker vem conseguindo jogar bem e carrega uma média de 60 jardas por jogo exceto o confronto com os Pats, além de 3 touchdowns marcados nos últimos 3 jogos que disputou. Vale a pena ficar de olho!

Chris Herndon, TE, New York Jets

O TE Chris Herndon ainda não estreou na temporada 2019, tanto pela suspensão quanto pela lesão que sofreu mas, em ligas profundas, é possível que o jogador se torne um fator relevante nas próximas semanas de fantasy football. Como podemos perceber, as opções ofensivas dos Jets não são unanimidades e Herndon possuirá um espaço nesse ataque.

Ricky Seals-Jones, TE, Cleveland Browns

Para quem acha que adição de waiver é somente para jogadores que foram bem na semana anterior, mais um exemplo que mostra que a análise desse mecanismo de fantasy vai muito além disso, já que outro tipo de movimentação interessante é a que envolve jogadores voltando de semanas de bye, que muitas vezes são dropados ou esquecidos por owners em várias ligas. Nesse desenho, Ricky Seals-Jones continuará tendo valor entre os TEs das ligas mais profundas enquanto David Njoku estiver fora.

Por hoje é isso, meus amigos! Boas compras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.