Analytics 2020, #4

O BrFF não cansa de buscar novidades para melhorar seu jogo; dessa vez, mergulhamos ainda mais nas estatísticas para você conhecer a realidade dos times!

Ataque

Tempo Médio de Campanha (Drive)

Teddy Bridgewater tomou as rédeas de Arizona e levou o ataque dos Panthers no seu ritmo. Enquanto isso, Dallas continua correndo (atrás do placar).

Escolha de jogadas por descida

Passe

Em virtude da sua temporada tortuosa e da sua pressa, os Cowboys estão tentando muito mais os passes que as corridas na primeira descida. Bears e Dolphins acompanharam a tendência contra Colts e Seahawks respectivamente.

Corrida

Por falar em Colts, eles foram os que mais correram no “1st and 10“, assim como Broncos (enfrentando os pobres Jets) e os sempre terrestres Ravens.

Escolha de jogadas na Redzone

Minshew precisava levar os Jaguars a algum lugar nas campanhas contra os Bengals, ainda mais depois do passeio de Mixon no 3º quarto, com isso o time foi para o passe em todas as oportunidades que teve nas últimas 20 jardas de campo.

Os Vikings construíram uma identidade ofensiva em torno de Dalvin Cook, algo corroborado por 13 carregadas do time na RZ.

Comportamento do Time em Placar Apertado (+/- 8 pontos de diferença)

Passe

Miami já não é dos melhores times, e tendo que encarar um dos invictos (que, ao mesmo tempo, é uma peneira aérea) torna-se óbvia a escolha de passes.

Corrida

Nenhum time excedeu os 60% essa semana, com Minnesota o mais próximo disso com 59%. Como Chicago não tem uma defesa ruim, não dá para impor o jogo corrido como se deseja.

% de Passes Completos por Direção e Distância do Passe

Passes curtos (<15 jardas)

Watson, Minshew, Brady e Darnold tiveram seus problemas para encontrar os companheiros mais próximos.

Passes longos (15+ jardas)

Kirk Cousins teve um bom dia buscando os companheiros mais distantes, com Adam Thielen sendo um dos principais beneficiados.

Corrigido em 07/10/2020. Obrigado @ComedorDeCereal!

Distâncias Médias de Alvo (ADoT)

QBs

Lamar Jackson buscou o seu principal wideout, Marquise Brown, em longas distâncias e por isso figura na liderança da semana; Cousins, como já abordamos, naturalmente apareceria aqui positivamente.

Por outro lado, Josh Allen teve um dia de braço de T-Rex, ao contrário de seu potencial, porém Mullens e Haskins não o deixaram segurar a lanterna.

Recebedores

Marquise Brown está recebendo as oportunidades, só falta o breakout.

Calvin Ridley, apesar da semana inoperante no fantasy, ainda será muito relevante este ano.

AJ Green parece definitivamente ultrapassado para nossos propósitos.

Destaque para os únicos TEs na lista: Hayden Hurst e o (infelizmente) recém-chegado na IR, OJ Howard.

Jardas Após a Recepção*

*Em parênteses, o número de recepções.

Semana

Os RBs Zeke, Gibson e Jamaal Williams lideraram a semana, com George Kittle (bem-vindo) se juntando a eles.

A pergunta que não quer calar: Robby Anderson é ou não é o WR1 dos Panthers?

Temporada

  • Mike Davis se aproveita do sistema ofensivo dos Panthers para criar as jardas que seriam do CMC.
  • Robby Anderson, galera!
  • Kamara ainda lidera com muita folga.
  • James Robinson ainda está criando jardas.

Corridas vs Jardas Conquistadas

*Em 15 ou mais tentativas

  • Dalvin Cook é um monstro quando saudável, dificilmente tem corridas improdutivas.
  • Josh Jacobs teve um dos piores percentuais de corridas entre 4-10 jardas bem como exatos 20% de corridas negativas; vamos acompanhar.
  • Kareem Hunt também, mas ele compensa com big plays em Cleveland, time especialista nisso em 2020 (pena que Hunt não está 100%).
  • Melvin Gordon teve mais de 1/5 de suas corridas para perda de jardas!  👀
  • Aaron Jones e Joe Mixon foram alguns dos que mais protagonizaram big plays na semana proporcionalmente.

Defesa (Temporada)

A partir desta semana, vamos analisar as defesas no acumulado, para melhor percepção de seu desempenho.

Eficiência em Terceiras Descidas

Passe

Corrida

Tempo Médio de Campanha

Será que as coisas vão melhorar para os Texans depois que Bill O’Brien? Eu acredito que sim, mas não muito, já que uma franquia na NFL não sai da água pro vinho no meio da temporada com mudança de coach.

Resultado das Campanhas

Times que mais permitem pontuação

A defesa dos Vikings ainda é a que mais entrega campanhas de pontuação a seus adversários, com praticamente 2 a cada 3 campanhas resultando em mudança no placar.

Times que mais param os ataques

Os Colts agora estão no topo de nossa lista depois de bater os Bears e reduzir (ainda mais) seu potencial ofensivo no ano, mas os Bucs estão logo ali.


Fechada mais uma semana de análises. Curtiu? Manda aquele feedback no @brffootball!

Estamos aqui para lhe ajudar a entender estes números! Pode contar conosco!

Fonte: nflfastR

2 comentários Adicione o seu

  1. ANDRÉ LUIZ DE PAIVA disse:

    Muito bom o post. Primeira vez que leio. Já favoritei para acompanhar!!

    Curtir

    1. Rui Maurício disse:

      Muito obrigado pelo feedback!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.