Crônicas dos Confrontos – Semana 6 – Jogo Corrido

Fala galera, aqui é o Ruizão, de volta às Crônicas depois de um tempinho. Como vão?

Nosso querido @matheushmendes não poderá continuar as Crônicas por enquanto, e teremos novidades em breve. Ele ainda é parte da nossa equipe e eu sou fã dos textos dele aqui. Tô na torcida pra ele voltar logo que vocês não fazem ideia!

Detroit Lions x Jacksonville Jaguars

Jogo é bom para ambos backfields, porém não é muito seguro apostar num ano fraco do Adrian Peterson. O nome a se investir é de James Robinson (RB1), com alguma participação de Chris Thompson (RB2) nos passes.

Cincinnati Bengals x Indianapolis Colts

Depois de uma semana dos sonhos, Joe Mixon (RB2) deve ser menos produtivo contra os Colts, favoritos da partida.

Jonathan Taylor (RB2) está fazendo um ano OK, mas junto a Nyheim Hines (RB2) terá muitas carregadas e alguns alvos para acumular preciosos pontos para os seus donos nas ligas.

Chicago Bears x Carolina Panthers

Jogo que promete ser apertado, mas que pode render muitos pontos a David Montgomery (RB1) por enfrentar uma das defesas mais convidativas para a posição (half-PPR: Josh Jacobs, 33.9 / Leonard Fournette, 25.6 / Todd Gurley, 23 / Austin Ekeler, 25.8 / Chase Edmonds, 12.5). Pesa a favor de Monty a ida de Tarik Cohen para a IR também.

Nos Panthers, Mike Davis (RB2) tem tido grandes atuações, mas os Bears não são generosos a RBs.

Cleveland Browns x Pittsburgh Steelers

Jogo complicado para RBs, com Kareem Hunt e James Conner cotados para RB2 na semana, enfrentando defesas fortes contra a posição.

Baltimore Ravens x Philadelphia Eagles

Os Ravens são favoritaços, o que favorece Mark Ingram (RB2) e JK Dobbins (flex).

Miles Sanders (RB2), um dos poucos jogadores disponíveis e funcionais no ataque dos Eagles, tem valor garantido pelo volume.

Houston Texans x Tennessee Titans

Apesar de ser uma boa defesa, os Titans cedem bom piso ao RB adversário, fazendo de David Johnson um RB2 com upside.

O mesmo vale para Derrick Henry que, no entanto, é muito mais provável de ser um RB1 na semana. Jeremy McNichols pode ver algum volume no fim do jogo, caso os Titans empreguem seu favoritismo na partida.

Washington Football Team x New York Giants

Os Giants são favoritos, mas o RB de Washington, Antonio Gibson (RB1), é quem tem o maior teto da partida.

Devonta Freeman (RB2) é o outro nome relevante da partida, que pode acumular muitas jardas numa provável vitória.

JD McKissic e Dion Lewis não devem ser relevantes em ligas standard, tendo valor em ligas PPR profundas.

Denver Broncos x New England Patriots

O backfield dos Broncos caiu no colo de Phillip Lindsay (RB2), que retorna de lesão. A situação é parecida a de Rex Burkhead (RB2), com Sony Michel na reserva de COVID, além de James White não render o mesmo de anos anteriores. Damien Harris pode surpreender como o principal carregador num script positivo, mas nada que o eleve a RB1 na semana ou coisa parecida.

Atlanta Falcons x Minnesota Vikings

Dalvin Cook, como se suspeitava, será poupado para recuperar de lesão, o que faz de Alexander Mattison (RB1) um dos candidatos a MVP na semana.

Ainda assim Todd Gurley (RB1) também é um nome bom, vistas as boas atuações de outros RBs no ano contra os Vikings (half-PPR: Derrick Henry, 26 / Jonathan Taylor, 18 / Chris Carson, 16.9 / Aaron Jones, 15.6 / David Johnson, 10.2).

New York Jets x Miami Dolphins

Os Dolphins tem tudo para ganhar bem dos Jets e fazer de Myles Gaskin (RB1) uma aposta segura e ainda render carregadas na goal line para… adivinhem… Jordan Howard!

Le’Veon Bell não é mais dos Jets, portanto o trabalho sobra para Frank Gore (flex), que deve ter alguma relevância num confronto até positivo, mas num script negativo.

Green Bay Packers x Tampa Bay Buccaneers

Aaron Jones (RB2) não perdeu o ritmo de 2019, mas os Bucs são um confronto difícil. piso é baixo mas o teto é alto, por isso Jamaal Williams (RB2) também é relevante no confronto.

Os Bucs estão indo bem com Ronald Jones (RB1) e, se o confronto for parelho, podemos ver RoJo estar mais para o teto de Kamara que para o piso de Swift. Se Fournette jogar, aí a coisa pode mudar de figura, com o backfield dividido e a pontuação também.

Los Angeles Rams x San Francisco 49ers

Quem pegou Darrell Henderson (RB2) no fim do draft está feliz com o retorno, e pegar os combalidos 49ers não é mais um problema.

Raheem Mostert (RB2) vem pra jogo, mas o leque de possibilidades é grande.

Kansas City Chiefs x Buffalo Bills

Clyde Edwards-Helaire (RB2) até que não está tão mal, é sua pontuação que não reflete a expectativa. E ele ainda recebeu a companhia de Le’Veon Bell, que ainda não deve ser um fator nesta semana. Como os Chiefs são favoritos, seu piso servirá, no mínimo, para garantir a vitória de um time bem encaminhado.

Apesar de um script negativo, Devin Singletary (RB2) pode se dar bem, desde que ele tenha volume. O mesmo vale para TJ Yeldon e Zack Moss, o último retornando de lesão.

Arizona Cardinals x Dallas Cowboys

Criei expectativas com Kenyan Drake e parece que é hora de desistir delas, ou seja, Chase Edmonds (RB2) é quem pode se beneficiar nesta partida razoável e assumir de vez este backfield (ou solidificar seu status de “Tarik Cohen” de Arizona).

Ezekiel Elliott (RB2), que tem nada a ver com isso, só vai pro banco em semana de bye, mas pode sobrar um TD para Tony Pollard (RB2) num jogo que promete muitos pontos.


Obrigado pela leitura! Leia também as Crônicas de QBs e Jogo Aéreo!

Dúvidas de escalação você tira em nosso Twitter.

Abraço e bons jogos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.