Waiver Wire, Semana 11

em

E aí meu povo, que semana 11, hem? Eu mesmo, na lanterna da liga mais antiga que jogo, perdi novamente, e olha o placar aí:

Eu estava na frente e Pedrão, meu adversário, jogava com a defesa de Kansas City que, após perder a liderança com o TD de Jason Witten, estava zerando na rodada.

Os Chiefs, num drive alucinante do magnífico Mahomes, viraram o placar de novo. E eu torcia por um xp errado de Harrison Butker, o que deixaria os Raiders a um FG da prorrogação e faria Derek Carr ser mais conservador. Mas o que eu temia aconteceu: com o xp convertido, a diferença no placar ficou em 4 pontos e Carr obviamente forçou o braço, cometendo um turnover fatal (para ele e para mim, que vi a defesa dos Chiefs sair de 0 para 1). Mesmo na lanterna, fantasy é sofrência.

Depois dessa introdução Tiaguiana, vamos ao que interessa.

Os números que acompanham os nomes dos jogadores são os percentuais de ligas do Yahoo em que eles estão num time.

Quarterbacks

Não deixem de ver a coluna “Um QB Por Vez”, do @sergioluisjr, em que ele aprofunda os nomes da posição.

  • Taysom Hill, 43% – Hill calou os críticos e agora pega Denver que, apesar de ter vencido os Dolphins, não bota medo nos Saints.
  • Kirk Cousins, 42% – Parece que Cousins quer ganhar nossa confiança; o próximo adversário são os Panthers, o que pode render mais alguns bons pontos.

Running Backs

  • James White, 40% – Não há como ignorar os fatos: 1º Rex Burkhead se machucou feio e 2º White teve 23% dos alvos dos Patriots contra Houston. Se você está em uma liga, no mínimo, half-PPR, deve buscá-lo e aproveitar este volume sempre esperado mas até então adormecido.

Wide Receivers

  • Nelson Agholor, 20% – Seu target share cresceu em três semanas conssecutivas e ele ainda pegou um TD (novamente). Hora de deixar o ranço de lado e entender que ele é viável no fantasy.
  • Tim Patrick, 21% – Patrick é o segundo mais consistente no volume aéreo dos Broncos (Jeudy lidera), e ele ainda acumulou 119 jardas em 8 alvos contra os Dolphins.
  • Denzel Mims, 5% – Não devemos esperar muito dos Jets, mas Mims, quando joga, é um alvo constante. Se você procura aquele valor em PPR, eis o nome.

Tight Ends

  • Dalton Schultz, 21% – obviamente o TD foi seu destaque, mas Schultz se firma como 3º alvo do time e teve 6 passes tentados de Dalton em sua direção, convertendo 4 deles. Ele deve manter a importância no jogo aéreo na reta final da temporada regular e ser um dos melhores streamers.

Defesas

Não deixem de ver a coluna “Dê Um Sack”, do @sergioluisjr, em que ele aprofunda os nomes da posição.

  • New York Giants, 16% – Infelizmente a temporada do talentosíssimo calouro Joe Burrow chegou ao fim e, com isso, os Bengals serão ainda menos perigosos às defesas adversárias. Desta forma, a defesa dos Giants ganha valor enorme para o embate da semana 12.
  • Seattle, 27% – Os Seahawks pegam os Eagles, que estão voando baixo (no mau sentido) e, mesmo contra a secundária aberta de Seattle, não possuem qualidade suficiente para suplantá-la (além de terem acertado na contratação de Carlos Dunlap para o pass rush).

Cuidado Com Estes Nomes

O que aconteceu com os jogadores que falamos semana passada?

  • Nyheim Hines – Voltou a ver o calouro Jonathan Taylor comandar o backfield.
  • Devontae Booker – Apenas 6 toques na bola contra os Chiefs.
  • Rex Burkhead – Sofreu possivelmente uma grave lesão.
  • Malcolm Brown – A ver no Monday Night Football (vs Tampa).
  • Boston Scott – 8 toques na bola contra 19 de Sanders.
  • Alex Collins – Inativo na partida contra os Cardinals. Com a lesão de Bo Scarbrough, diante da boa atuação de Carlos Hyde e com um provável retorno de Chris Carson, dificilmente verá muito volume daqui pra frente.
  • Kalen Ballage – Até pontuou bem no PPR (14.1), mas foram apenas 7.1 no standard, servindo de flex.
  • D’Onta Foreman – Uma carregada e nada mais.

Esta semana, os nomes são:

  • Derek Carr – motivado por enfrentar os rivais Chiefs, ele jogou bem. Mas, mesmo contra a fraca secundária de Atlanta, eu não confio nele.
  • Carlos Hyde – brilhou contra Arizona, mas pode ser banco de novo se Chris Carson retornar essa semana.
  • Frank Gore – o highlander anotou TD, mas não espere mais pontuações assim pela frente.
  • Tony Pollard – outro destaque na endzone, mas Zeke ainda lidera as carregadas por muito.
  • La’Mical Perine – também marcou TD contra os Chargers. Se você não tem opção, ok. Senão, passe longe.
  • Damiere Byrd – fez um JOGAÇO, com 7 alvos e 132 jardas recebidas, mas é o 4º alvo desse time.
  • Michael Pittman – brilhou, aproveitando o péssimo miolo defensivo dos Packers, mas foram poucos alvos (3) na partida.
  • Breshad Perriman – anotou TD, mas joga nos Jets rs.
  • Panthers – não sofreram pontos dos gatinhos indefesos de Detroit (que papelão, Lions), mas enfrentarão Dalvin Cook essa semana.

Boas compras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.