Waiver Wire – Semana 15

Salve pessoal! Como estão vocês de playoffs (ou de chegada a eles)?

Se você está eliminado da sua liga, mas ainda tem influência no destino da temporada, então você é privilegiado sim! Eu que o diga na liga em que conheci o fantasy football. Nesta semana ainda estou enfrentando @alanbeanes e com grandes chances de eliminá-lo da competição.

Tudo começou na quinta, quando Cam Akers passou o carro por cima de New England e terminou no domingo com Washington anotando 2TDs defensivos em San Francisco. Tudo está na mãos (e nas pernas) de Lamar Jackson para que Alan tire essa diferença de quase 29 pontos.

Não vou pros playoffs, mas, no mínimo, dei um bom susto essa semana. Que venha 2021 pra mim na tradicional Terry Bradshaw, a liga do “quem chora mais, perde menos”.

Depois da anedota, vamos aos nomes da waiver wire!

Quarterbacks

Jalen Hurts – O calouro se provou no primeiro jogo completo, batendo a forte defesa dos Saints. Na semana 15 pega Arizona e seu jogo corrido pode render um bom piso.

Derek Carr – O QB dos Raiders vem de boa sequência contra Jets (sem surpresas) e Colts (isso sim impressiona). Pegar os Chargers é agradável pra você que chegou até aqui na base do stream.

Running Backs

Tony Pollard – a essa altura, pouquíssimos nomes da posição sobram; Pollard é um conhecido handcuff, mas, enfrentando os Bengals, seu volume foi excepcional, ainda que menor que o de Ezekiel Elliott. Os Cowboys terão os 49ers pela frente, e Washington mostrou que é possível um time da NFC East batê-los ainda que estejam de pé.

Wide Receivers

Nelson Agholor – Está provado que Agholor se deu muito bem com Derek Carr, sobretudo quando recebe TDs, mas até as jardas estão aparecendo, como na última partida. Se você está nos playoffs da sua liga mas ainda buscando um WR2 ou flex, este é um nome que ainda pode estar livre.

Russell Gage – Julio Jones continua com problemas no posterior da coxa e perdeu mais um jogo. Resultado: Gage herdou muito do volume aéreo e, se Julio não se recuperar, o que acho provável, Russell tem status de WR2 contra o próximo adversário, Tampa Bay.

Keelan Cole – os Jaguars voltaram a jogar com o bigode (Minshew) na derrota para os Titans. E Cole não só foi o alvo #1 de Jacksonville na partida como teve 6 alvos de cada um dos QBs (Glennon, além de Minshew). Com essa confiança depositada, Keelan promete manter algum volume pelo resto da temporada, embora a semana 15, contra Baltimore, não promete tanta coisa, além de que Cole tem DJ Chark e Laviska Shenault como grandes concorrentes nos passes, o que o faz um alvo para ligas maiores.

Tim Patrick – Patrick é o 3º melhor alvo dos Broncos na temporada e, se a dor de barriga do Noah Fant for prolongada, ele é nome interessante no duelo contra Buffalo.

Tight Ends

Irv Smith – O desempenho de Smith foi inflado pelo TD recebido, mas ele foi o principal recebedor em jardas de um time que tem muito talento entre os WRs. Olho nele contra Chicago se você está numa liga profunda.


Boas compras, pessoal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.