Analytics 2020

Espero que sua temporada de fantasy tenha acabado, porque semana 17 é tempo de retrospectiva e não de final!

Por falar em retrospectiva, vamos curtir esse Analytics especial? Boa leitura!

Ataque

Tempo Médio de Campanha (Drive)

Aaron Rodgers e Teddy Bridgewater foram os protagonistas dessa disputa, mas o candidato a MVP dos Packers fez seu time levar a melhor com mais de 40 TDs lançados e uma temporada quase irretocável.

Os Jets estão naturalmente na lanterna.

Escolha de jogadas por descida

Ravens (corrida) e Bills (passe) lideraram nas categorias no 1st down, evidenciando as qualidades dos seus QBs e respectivas armas.

Escolha de jogadas na Redzone

Steelers (passe) e Patriots (corrida) também deixaram claras as suas tendências na redzone: enquanto Big Ben não pôde contar com um jogo corrido eficiente, Cam Newton e seus alvos não foram o ponto alto do ataque, abrindo espaço para as muitas corridas do próprio QB e os RBs.

Comportamento do Time em Placar Apertado (+/- 8 pontos de diferença)

O mesmo que dissemos na seção acima vale aqui, e acrescentamos o jogo corrido de Baltimore.

Distribuição dos TDs

Passe / Corrida

Pois é: o que será dos Patriots em 2021 com um jogo aéreo inofensivo como o que vimos? É esperar wide receivers melhores no draft…

TDs Recebidos por Posição

…e um envolvimento maior dos tight ends também. New England foi o único time cujos TEs não marcaram TD. Será que a regressão corrige isso ano que vem?

Por falar em pouco uso de uma posição, aqui vemos apenas quatro times em que os RBs não anotaram TDs pelo ar (e alguns nomes relevantes dos respectivos times): Falcons (Gurley), Ravens (Edwards, Dobbins, Ingram), Raiders (Jacobs) e Steelers (Conner). Com certeza o ranking destes jogadores seria outro se fossem mais lembrados na redzone.

% de Passes Completos por Direção e Distância do Passe

Passes curtos (<15 jardas)

De um lado, Aaron Rodgers; do outro, Daniel Jones (e menção “honrosa” ao ano complicado para Carson Wentz).

Passes longos (15+ jardas)

Deshaun Watson merece vida muito melhor que ser QB dos Texans; é muita competência jogada fora!

Distâncias Médias de Alvo (ADoT)

QBs

Olha o “velhinho” aí em destaque: Brady não poupou o braço no ano que ele talvez tenha tido o melhor arsenal para trabalhar (Evans, Godwin, Gronk, Brown e cia.).

Brees, além de perder jogos, não procurou muito seus alvos distantes, o que ajudou muito Kamara nas jardas após a recepção (a seguir).

Recebedores

Se você tem Calvin Ridley em ligas dynasty, parabéns. Em seu 3º ano, Ridley mostrou solidez, sobretudo nas partidas em que a lenda Julio Jones não jogou (lesionado).

E Nelson Agholor? Achou seu lar jogando com Derek Carr e fazendo um ano muito bom para o que se espera dele.

Jardas Após a Recepção*

*Em parênteses, o número de recepções.

Mesmo jogando algumas semanas com Taysom Hill (e ganhando praticamente zero jardas após a recepção nelas), Alvin Kamara agradeceu aos céus mais uma vez por jogar com Drew Brees e foi, de longe, quem mais acumulou essas jardas. E pensar que poderiam ser muito mais se o titular estivesse saudável a temporada inteira.

Corridas vs Jardas Conquistadas

*Top 20 em carregadas

King Henry repetiu um ano sólido e, junto a Dalvin Cook, foi um bellcow clássico e confiável, sobretudo quando achou a endzone.

James Robinson em 2021: expectativa ou realidade? É um dos grandes mistérios para agosto próximo.

Defesa (Temporada)

1st Downs Cedidos

A defesa de Seattle começou muito mal, tomando baile pelo ar, mas teve confrontos melhores e freou a farra adversária. Ainda assim foi o time que mais cedeu 1sts. Já os Steelers, com sua bela sequência, estão na outra ponta. As últimas derrotas assustaram, mas eles voltaram a mostrar força contra os Colts, outra boa defesa da temporada.

Eficiência em Terceiras Descidas

Na hora da verdade, foram os Titans que mais envergaram e quebraram, enquanto os Dolphins de Brian Flores seguraram a barra e podem chegar aos playoffs e fazer barulho.

Tempo Médio de Campanha

JJ Watt tem todas as razões do mundo para reclamar: sua defesa passou muito tempo em campo, jogando o peso de um time inteiro em suas costas e de “The Show” Watson.

Já os Steelers e os Rams mostraram força na maior parte do tempo. E os 49ers, mesmo praguejados de lesões, fizeram seu melhor para segurar os ataques adversários.

Resultado das Campanhas

Modificamos a análise na semana 7 para eliminar as conversões de 2 pontos que resultavam em interceptação.

Jaguars, Raiders e Vikings apareceram aqui em muitas semanas, e fecham a corrida como as que mais deram pontos aos ataques.

Rams, Steelers e Dolphins foram o pódio das defesas que mais pararam campanhas ofensivas.

3-and-Outs (3 Jogadas e Punt)

Tá repetitvo falar dos Rams e dos Steelers, então vamos falar de Washington e Philadelphia, que dividem o 3º lugar em forçar 3&Os na temporada, por pior que seja o nível de competitividade da NFC East.

Jardas Cedidas Após a Recepção

A secundária de Houston foi uma festa, e aqui estão eles como time que mais cedeu espaço aos avanços após a recepção.

Posição Inicial de Campo

Hora de falar de special teams mal treinados e ataques que gostam de um turnover!

Chargers, Cowboys e Vikings foram os que mais convidaram os ataques adversários a começar mais perto de suas endzones, enquanto Seahawks, Chiefs e Lions fizeram o inverso.


Este foi nosso primeiro ano analisando a NFL em nível de jogadas e foi muito divertido alcançar essa dimensão e ver o jogo nas entrelinhas. Se você gostou dessa série de artigos, fala com a gente no @brffootball!

Fonte: nflfastR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.